3 Vitaminas para quem tem olho seco

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
3 Vitaminas para quem tem olho seco

Saúde ocular e vitaminas

Ligações entre vitaminas e minerais e cura de problemas na saúde ocular (como olho seco) estão crescendo, mas atualmente não há respostas claras e é necessária mais pesquisa.

Uma pesquisa descobriu que suplementos podem ser beneficiais para idosos com pouca ingestão dietética de vitaminas devido a dificuldades de digestão.

Nesses casos, vitaminas antioxidantes alimentares A, C e E e o zinco mineral podem ajudar a prevenir condições, como degeneração macular relacionada à idade (AMD), de se desenvolverem. AMD é uma condição em que a visão é perdida no macular, que é a parte do olho que controla a visão central.

 

Não tem plano de saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já

 

Alguns estudos também mostram que tomar certas vitaminas e minerais, incluindo tiamina (vitamina B1), pode proteger um indivíduo de desenvolver catarata, áreas turvas que se formam na lente do olho.

Vitaminas obtidas através de alimentos são consideradas seguras e positivas para a saúde. Entretanto, há circunstâncias em que vitaminas podem ter um efeito negativo.

Quais vitaminas são boas para síndrome do olho seco?

Há evidência limitada que suplementação vitamínica ajuda a tratar olhos secos e há evidência insuficiente para recomendar o uso rotineiro de suplementos comercialmente disponíveis na síndrome do olho seco. As pessoas devem ser céticas acerca de qualquer vitamina, mineral e suplementos de ervas que alegam tratar a síndrome do olho seco.

As seguintes vitaminas podem fazer uma diferença para os olhos secos, mas pesquisas estão em andamento. As pessoas devem consultar um médico antes de tentar usar suplementos para o tratamento de olhos secos.

Vitamina A

Deficiência de vitamina A é ligada ao olho seco. Deficiência de vitamina A é geralmente causada por privação de alimentos e acontece principalmente em comunidades pobres. Em algumas áreas do mundo, até 50 por cento dos pré-escolares são deficientes em vitamina A.

Pessoas também podem ser deficientes em vitamina A se elas têm uma condição que impede o intestino de absorver nutrientes de alimentos, tal como uma doença que afeta o sistema digestivo.

As gotas para os olhos de vitamina A mostraram-se tão úteis para o tratamento de olhos secos quanto às gotas de olho prescritas.

Entretanto, a vitamina A pode, algumas vezes, ter um efeito adverso na saúde de uma pessoa.  Suplementação com essa vitamina deve ser primeiro discutida com um médico e os riscos e benefícios abordados.

A vitamina A poderia potencialmente acelerar a perda de visão e degeneração da retina em pessoas com doença recessiva de Stargardt, distrofia do cone-haste e outras condições da retina causadas por certas variações genéticas.

Ingestão excessiva de vitamina A também é conhecida por desencadear efeitos colaterais nos nervos e estômago, como dor de estômago e cabeça, náusea e irritabilidade. Esses sintomas podem ser piorados pelo forte uso de vitamina A e levar ao desenvolvimento de visão borrada.

 

Cego botão cartão Doutor Já

Uma Alternativa aos Planos de Saúde

 

Vitamina D

Pesquisa precoce mostrou que vitamina D pode ser associada a olhos secos. Olho seco e o comprometimento da função das lágrimas são, algumas vezes, vistos em pessoas com deficiência de vitamina D.

Vitamina D pode desempenhar um papel protetor no desenvolvimento de olhos secos por melhorar fatores que estão relacionados ao revestimento protetor de lágrimas que cobrem a frente dos nossos olhos. Pode também ajudar a reduzir inflamação na superfície do olho.

A pesquisa sugere que suplementos de vitamina D podem ajudar com os sintomas de olhos secos, tal como desconforto ocular e cansaço, vermelhidão, visão turva e sensibilidade à luz. Pesquisas posteriores são necessárias para provar isso, entretanto.

Complicações por tomar muitos suplementos de vitamina D são raras, mas podem ser potencialmente sérias. Suplementos de vitamina D em excesso podem causar um acúmulo de cálcio no sangue. Isso pode causar pouco apetite, náusea e vômitos. Em alguns casos, pode levar a micção frequente, problemas renais e fraqueza.

Ômega -3

As diretrizes da American Academy of Ophthalmology dizem que os ácidos graxos ômega-3 podem ser benéficos no tratamento do olho seco. Entretanto, não há evidencia suficiente para confirmar a efetividade de qualquer formulação particular de suplementos gordurosos de ácidos graxos omega-3.

O National Eye Institute (NEI) sugere que suplementos de ômega-3 ou fontes de dieta de ácidos gordurosos de ômega-3 podem diminuir os sintomas de irritação em pessoas com os olhos secos.

Os ácidos graxos ômega-3 DHA e EPA, em particular, podem ajudar. Estes tipos de omega-3 são encontrados em:

  • Anchovas
  • Arenque
  • Cavalinha
  • Salmão
  • Sardinha
  • Atum

Um estudo sugere que há uma ligação entre tomar ácidos gordurosos de ômega-3 e um risco aumentado de câncer de próstata.

O U.S. Food and Drug Administration (FDA) declara que ácidos gordurosos de ômega-3 EPA e DHA são seguros enquanto os indivíduos não tomem mais de 3 gramas por dia através de alimentos e suplementos.

Para as pessoas que já apresentam distúrbios hemorrágicos, tomar muito ômega-3 pode levar a um aumento no risco de sangramento. Ômega-3 pode afetar os níveis sanguíneos, o que pode ter consequências para pessoas com diabetes ou hipoglicemia e também pode causar baixa pressão arterial.

É importante receber conselhos de um médico antes de tomar suplementos de ômega-3 para síndrome do olho seco.

Tratamentos para síndrome do olho seco

Na maioria dos casos de olho seco, colírios sem prescrição ajudarão a tratar os sintomas. Esses colírios podem apenas precisar ser usados uma ou várias vezes por dia.

Os medicamentos que são prescritos por um médico para os olhos secos incluem:

  • Drogas para reduzir inflamação ou antibióticos
  • Prescrição de colírios oculares ou corticosteróides
  • Dissolver as inserções oculares para lubrificar o olho
  • Drogas para estimular lágrimas
  • Gotas de soro de sangue autólogas

Os procedimentos que podem ser usados para o tratamento de olhos secos incluem:

  • Fechamento parcial ou completo dos dutos lacrimais
  • Usar lentes de contato especializadas
  • Desbloquear glândulas de óleo
  • Terapia de luz e massagem das pálpebras

Outros remédios caseiros ou mudanças no estilo de vida para síndrome do olho seco

Algumas ações podem ser feitas em casa para ajudar a combater a síndrome do olho seco. Essas incluem:

  • Usar lágrimas artificiais, géis, inserções de gel e pomadas
  • Usar óculos ou óculos de sol que se encaixem perto do rosto para diminuir a velocidade de evaporação da superfície do olho
  • Manter os olhos protegidos do vento, do ar quente, da fumaça e do pó
  • Instalar um filtro de ar interno para filtrar partículas de poeira
  • Instalar um umidificador para adicionar umidade ao ar dentro de casa
  • Evitar condições secas
  • Permitir que os olhos descansem ao executar tarefas que exigem o uso dos olhos por longos períodos
  • Manter boa higiene dos olhos com um pano quente, úmido e limpo

Embora seja necessário um estudo mais aprofundado, algumas abordagens de medicina alternativa incluem:

  • Colírio de óleo de rícino para reduzir a evaporação das lágrimas
  • Acupuntura

Antes de usar qualquer forma de medicina alternativa, as pessoas com os olhos secos devem discutir os riscos e benefícios com um médico.

Há muitos tratamentos disponíveis para a síndrome do olho seco. Estudos estão em curso sobre potenciais vitaminas para tratar os olhos secos. Entretanto, por agora, receber conselho de um médico e usar tratamentos convencionais é recomendado.

Fonte: Medical News Today

Se precisar de consultas com Oftalmologistas, conte com a gente!