5 Excelentes Razões Para Comer Frutos do Mar

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
5 Excelentes Razões Para Comer Frutos do Mar

 

 

Comer peixe, particularmente oleosos (gordos), é uma parte fundamental de uma dieta saudável. No entanto, com as notícias sobre contaminação de mercúrio e poluentes deixaram muitos se perguntando se o peixe ainda é uma escolha inteligente. Uma revisão da pesquisa feita ao longo dos últimos anos revela um “sim” impressionante quando se trata de comer peixe. Na realidade, os benefícios para a saúde vindos ao comer peixe são bem poderosos

Razão 1: Protege o coração

A maioria dos estudos afirma que o consumo regular de peixe traz benefícios a saúde do coração. Isso se dá em grande parte porque ácidos graxos ômega-3 nos peixes diminuem os triglicerídeos, desaceleram a formação de placas e ainda diminuem a pressão arterial. Enquanto é ideal escolher um peixe rico em ômega-3, pesquisas sugerem simplesmente comer peixe duas vezes por semana, independentemente dos seus níveis de ácidos graxos, como uma fonte de proteína magra. Para muitos, isso significa substituir o bife ou outra proteína animal com mais gorduras saturadas, e as gorduras saturadas são uma das principais culpadas no desenvolvimento de doenças cardíacas.

Razão 2: Desenvolve o cérebro

A ingestão adequada de DHA, um tipo de ômega-3 encontrado praticamente de forma exclusiva em peixes, é associada ao desenvolvimento adequado do cérebro e olhos nos bebês. Um estudo sugeriu que mães com uma maior ingestão de peixes oleosos (cerca de 2 a 3 porções por semana) eram mais propensas a terem filhos com maiores resultados cognitivos: as crianças também tinham um menor risco de serem diagnosticadas com autismo. A deficiência de DHA na gravidez e durante os primeiros meses de vida também é ligada a inteligência mais baixa e visão mais pobre.

Razão 3:  Melhora casos de depressão

Menores ingestões de ácidos gordurosos de ômega-3 foram notadas em pessoas com depressão e ansiedade- uma associação interessante, mas não convincente para a maioria abraçar a ideia de comer. Entretanto, uma pesquisa mais recente sugere que adicionar ômega-3, particularmente a forma EPA (ácido eicosapentaenóico) que é encontrada praticamente de forma exclusiva em peixes, pode melhorar sintomas associados à depressão, incluindo depressão pós-parto. Um estudo até mesmo sugeriu que suplementos de EPA possuíam o mesmo efeito dos medicamentos antidepressivos. Usar omega-3 como seu único tratamento para a depressão é um pouco exagerado, mas parece que comer mais alimentos ricos em EPA pode não ser uma má idéia para a prevenção ou como parte do tratamento.

Razão 4: Melhora a memória

Procurando melhorar a memória? Coma um pouco de peixe. Um estudo descobriu que consumidores regulares de peixe tinham proporções maiores de matéria cinzenta, a porção do cérebro associada à memória e tomada de decisões, e ingerir peixe regularmente pode ajudar a preservar a integridade e funcionamento cerebral à medida que você envelhece. Alguns especulam que o ômega-3 no peixe tem um efeito protetor nos neurônios cerebrais, enquanto outros pensam que os benefícios podem ser devido ao aumento do fluxo sanguíneo no cérebro graças a melhorias cardiovasculares vindas do omega-3. Ainda mais promissoras são as descobertas sugerindo que consumir peixes oleosos ou suplementos de peixes oleosos pode prevenir ou diminuir a progressão de Alzheimer.

Razão 5: Risco autoimune

Uma nova e promissora área de pesquisa é o efeito que o consumo de peixe pode ter em doenças autoimunes como diabetes do tipo 1 e artrite reumatóide. Os benefícios potenciais se centram no fato de que a inflamação dentro do corpo é, muitas vezes, envolvida no desenvolvimento ou erupções de condições autoimunes, e DHA e EPA têm efeitos anti-inflamatórios no corpo. Isso levou alguns a sugerir- e até mesmo tentar- comer peixe regularmente ou tomar suplementos de óleo de peixe para aliviar os sintomas ou interromper a progressão. Na realidade, a Fundação de Artrite recomenda comer peixes oleosos de 2 a 4 vezes por semana.

Resumindo

Para a maioria dos indivíduos (incluindo mulheres grávidas e crianças), os benefícios de comer peixe parecem superar em grande medida quaisquer riscos potenciais. É recomendado que você escolha uma variedade de peixes na categoria “Melhores Escolhas” e remover a pele e cortar a gordura para diminuir o teor de mercúrio em até 40 por cento.

Fonte: Cooking Light

Se precisar de consultas com nutricionista, conte com a gente!