5 hobbies que podem melhorar a sua saúde

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
5 hobbies que podem melhorar a sua saúde

 

Um hobby pode ser muito mais do que uma diversão

Os Hobbies servem para passarmos o nosso tempo de um jeito produtivo e a essência de nossas identidades está ligada aos interesses que escolhemos buscar quando não estamos trabalhando, dormindo ou passando tempo com pessoas que amamos.

Claro, a maioria de nós adota um hobby porque gosta dele. Mas, como você está prestes a descobrir, um hobby pode ser muito mais do que uma diversão. Demos uma olhada em cinco hobbies que podem melhorar a sua saúde em 2018.

Buscar Médicos – Consultas e Exames com Preços Acessíveis

Dançar: uma forma divertida de se exercitar

A dança tem vários benefícios além de ser uma maneira fácil e acessível de fazer exercícios para a maioria das pessoas. Pense nisso: você só precisa colocar algumas músicas e chamar um amigo ou dois. Qualquer pessoa pode dançar! Lembre-se não há uma maneira certa de dançar. Faça o que for bom para você.

Além disso, a dança leva em consideração o seu corpo – você pode se esforçar o máximo que quiser ou definir uma rotina mais confortável que seja ideal para você. Além de ser divertida, e menos dolorosa do que outros exercícios, dançar é uma atividade social, que é muito importante para o bem estar geral.

 

Como a dança nos mantém saudável?

Em primeiro lugar, dançar é um ótimo exercício cardíaco, melhorando a saúde cardiovascular, aumentando a energia e fortalecendo os músculos e ossos. Um estudo de 2011 também descobriu que a dança melhora o equilíbrio das pessoas mais velhas.

Dançar também é bom para a saúde cerebral. Um estudo na New England Journal of Medicine relatou uma associação entre o hábito de dançar regularmente e uma redução de 76% no risco de demência. Se a dança faz tão bem para a saúde, por que não balançar o corpo no ritmo da música?

 

A jardinagem é boa para o cérebro

Em primeiro lugar, as simples ações de puxar ervas daninhas, plantar e procurar por ferramentas contribuem para uma forma sutil de exercício aeróbico, que nós sabemos que ajuda a trabalhar músculos e aumenta a força, resistência e flexibilidade. Além disso, apenas ficar ao ar livre faz bem. Um estudo de 2014 descobriu que a jardinagem e o ciclismo regulares reduzem a probabilidade de deficiência de vitamina D em pessoas idosas.

Há uma associação entre a diminuição no risco de demência e a jardinagem, com um estudo relatando um risco 36% menor de demência entre as pessoas que cuidavam dos seus jardins diariamente. Tanto a jardinagem, como a bricolagem (faça-você-mesmo), foi relacionada a uma redução no risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral de até 30% em um estudo de 2013.

 

Escrita: uma maravilha para a cicatrização de feridas

A escrita foi associada a vários benefícios de saúde mental e física, incluindo melhorias na memória, níveis de estresse e sono, entre outras coisas. Vários estudos, por exemplo, descobriram que escrever sobre suas experiências ajuda os pacientes com câncer a se conformarem com suas doenças. Isso, porque ajuda os pacientes a resistirem ao estresse e, potencialmente, contribui para melhorar os resultados físicos.

Um estudo intrigante investigou se escrever poderia afetar a velocidade com que as feridas se curam e o resultado foi positivo. De forma geral, a escrita é uma ótima ferramenta para a auto-expressão, pode ajudar a estabelecer novos relacionamentos e criar comunidades em torno de seus interesses.

 

Música é medicina

Tocar e ouvir música também pode beneficiar a saúde mental e física.  Uma revisão sugeriu que a música pode impulsionar o sistema imunológico do corpo, diminuir os níveis de estresse e ansiedade e aliviar a depressão.

Entre os pacientes que aguardam cirurgia, verificava-se que ouvir música é mais efetivo para diminuir a ansiedade do que os remédios prescritos e ainda está associado a níveis mais baixos do cortisol, o “hormônio do estresse”.

 

Animais de estimação: bons para o coração

Os animais de estimação podem ser companheiros maravilhosos. De acordo com o CDC, possuir um animal de estimação pode não só proporcionar oportunidades de exercício, atividades ao ar livre e socialização, também pode ajudar a diminuir os seus níveis de colesterol e de triglicerídeos, pressão sanguínea e sentimento de solidão.

Vale lembrar que todos esses fatores ajudam a diminuir o risco de ataque cardíaco.

 

Para levar

Se você tem um hobby regular que gosta, por que não passar algum tempo pensando em como isso pode ajudar a melhorar sua saúde?

E se você está pensando em adotar um novo hobby, esperamos que este artigo tenha dado a você algumas idéias sobre como ser mais saudável enquanto se diverte!

Fonte: Medical News Today

 

Se precisar de especialistas, conte com a gente!