6 dicas para tratar micose.

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
6 dicas para tratar micose.
  • Aplique um antifúngico tópico

A maior parte dos casos de micose pode ser tratada em casa. Visite uma farmácia local ou mercearia e compre creme, loção ou pó antifúngico sem receita médica. Antifúngicos sem prescrição médica podem matar os fungos e promover a cura. Medicações efetivas incluem miconazol, clotrimazol e terbinafina.

Após limpar a erupção cutânea, aplique uma fina camada de medicação antifúngica na área afetada 2 a 3 vezes por dia ou conforme indicado pela embalagem. Espalhe o tratamento além da borda da erupção cutânea por alguns centímetros e permita que a medicação seja absorvida pela sua pele.

  • Deixe respirar

Pode ser lógico manter a micose coberta com uma bandagem para evitar que a infecção se espalhe. Entretanto, o curativo prende a erupção cutânea na umidade e retarda o processo de cicatrização.

Ao invés disso, vista roupas confortáveis e respiráveis para acelerar o processo de cura e evitar o alastramento da micose para outras pessoas. Isso inclui roupas largas, calças e blusas de manga cumprida.

  • Lave as roupas de cama diariamente

Porque a micose é altamente contagiosa, você deve lavar os seus lençóis diariamente para se livrar da infecção mais rapidamente.  Esporos de fungos podem se transferir para o seu lençol e edredom. Se você dorme no mesmo lençol noite após noite, pode levar mais tempo para a micose sarar e a infecção pode se espalhar para outras partes do seu corpo. Roupa de cama contaminada pode também infectar o seu parceiro.

Use água quente e detergente quando lavar a roupa de cama e qualquer roupa infectada. Apenas água quente pode matar o fungo. Como uma precaução extra, adicione bórax ou alvejante à sua lavagem juntamente com detergente de roupa normal. Bórax e alvejante podem ser comprados em uma mercearia e eles também matam esporos de fungos. Siga as instruções da embalagem.

  • Troque as roupas íntimas e as meias molhadas

Se a micose se desenvolve no seu pé ou na área da virilha, mantenha essas áreas secas. Se você sua muito durante o dia, banhe-se com um sabonete de limpeza antifúngico e, em seguida, reaplique o seu pó ou loção antifúngica. Certifique-se de que a área esteja completamente seca antes de colocar um novo par de meias ou roupas íntimas.

  • Use um shampoo antifúngico

Algumas vezes, micose se desenvolve no couro cabeludo. Os sintomas de uma infecção no couro cabeludo incluem prurido grave, perda de cabelo, furúnculos e caspa severa. Se você tem micose no couro cabeludo, lave o cabelo com um shampoo antifúngico sem prescrição médica.

Esses shampoos matam fungos e bactérias no couro cabeludo e param a inflamação. Você pode comprá-los em uma mercearia ou farmácia. Procure shampoos com ingredientes ativos antifúngicos, como ketoconazol, sulfureto de selênio e zinco de piritona. Use os shampoos de acordo com as instruções na embalagem.

Entretanto, tenha consciência de que os fungos do couro cabeludo são quase impossíveis de eliminar sem medicações orais.

  • Tome uma prescrição antifúngica

Continue o tratamento com um shampoo, creme ou pó antifúngico até que a erupção cutânea desapareça completamente.  A infecção pode voltar se você parar o tratamento muito cedo.  Veja um médico se a erupção cutânea não for embora após duas semanas de tratamento caseiro. Uma infecção de micose que não melhora ou que se espalha pode exigir um creme tópico com receita médica ou uma medicação antifúngica oral.

Faça uma consulta com o seu médico de cuidados primários ou consulte um dermatologista. Tome o medicamento de prescrição médica conforme indicado pelo seu médico. Você pode ter que tomar a prescrição por semanas ou meses, dependendo da severidade da infecção.

Para levar

Não ignore a micose. Embora seja uma infecção de pele comum, ação rápida é necessária para evitar que o fungo se espalhe. Você também deve se certificar de que você sabe como prevenir futuras infecções. Por exemplo:

  • Não compartilhe itens de cuidados pessoais, como toalhas, roupas e escovas, com outros.
  • Lave as mãos com frequência.
  • Saiba como reconhecer a micose em pessoas e animais.

Fonte: Health Line

Se precisar de consultas com especialistas, conte com a gente!