7 Benefícios de comer chocolate amargo para a Saúde

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
7 Benefícios de comer chocolate amargo para a Saúde

1. O chocolate amargo é muito nutritivo

Se o chocolate amargo que você compra for de qualidade e com um alto teor de cacau, ele é bem nutritivo. Contém uma boa quantidade de fibra solúvel e é cheio de minerais.

Ele também contém estimulantes como cafeína e teobromina, mas é improvável que o chocolate amargo mantenha você acordado à noite, pois a quantidade de cafeína é muito pequena em comparação com o café.

Resumindo: O chocolate amargo de qualidade é rico em fibras, ferro, magnésio, cobre, manganês e alguns outros minerais.

Não tem plano de Saúde? Conheça o Cartão Doutor Já!

 

2. O chocolate amargo é uma fonte poderosa de antioxidantes

Você já ouviu falar da medida chamada ORAC?

ORAC significa Capacidade de Absorção Radical de Oxigênio. É uma medida da atividade antioxidante dos alimentos.

O chocolate amargo é cheio de compostos orgânicos que são biologicamente ativos e funcionam como antioxidantes. Estes incluem polifenóis, flavonóis, catequinas, entre outros. Esses antioxidantes podem ajudar a diminuir os riscos de infecção e até algumas formas de câncer.

Um estudo mostrou que o cacau e o chocolate amargo contiveram mais atividade antioxidante, polifenóis e flavonóis do que outras frutas que foram testadas, entre elas, mirtilos e açaí.

Resumindo: O cacau e o chocolate amargo contêm uma grande variedade de antioxidantes poderosos, muito mais do que a maior parte dos outros alimentos. 

Uma Alternativa aos Planos de Saúde

 

3. O chocolate amargo pode melhorar a circulação sanguínea e diminuir a pressão arterial

O chocolate amargo tem propriedades que ajudam a diminuir a pressão arterial.

Existem muitos estudos controlados que mostram que o cacau e o chocolate amargo podem melhorar o fluxo sanguíneo e reduzir a pressão do sangue, mas os efeitos, geralmente, são suaves.

Entretanto, há também um estudo em pessoas com pressão alta que não obteve nenhuma diferença, então, tenha cuidado com essas informações.

Resumindo: Os compostos bioativos do cacau podem melhorar o fluxo sanguíneo nas artérias e causar uma diminuição pequena, mas estatisticamente significativa, da pressão arterial.

 

4. O chocolate amargo aumenta o HDL e protege o LDL da oxidação

Consumir chocolate amargo pode melhorar vários fatores de risco importantes para doenças cardíacas.

Em um teste controlado, verificou-se que o cacau em pó diminuiu significativamente o colesterol LDL (ruim) nos homens. Também aumentou o HDL.

O LDL oxidado é capaz de danificar tecidos… como o revestimento das artérias do coração.

O chocolate amargo também pode reduzir a resistência à insulina, que é outro fator de risco comum para muitas condições, como doenças cardíacas e diabetes.

Resumindo: O chocolate amargo melhora vários fatores de risco de doenças. Ele reduz a suscetibilidade do LDL ao dano oxidativo enquanto aumenta o HDL e melhora a sensibilidade à insulina.

 

5. O chocolate amargo pode diminuir o risco de doenças cardiovasculares

Os compostos presentes no chocolate amargo parecem ser altamente protetores contra a oxidação do LDL. Em longo prazo, isso deve diminuir muito o colesterol que se aloja nas artérias e será possível observar uma diminuição do risco de doença cardíaca.

Acontece que temos vários estudos observacionais de longo prazo que mostram uma melhora bastante significativa. Em um estudo com 470 homens idosos, descobriu-se que o cacau reduziu, em impressionantes 50%, o risco de morte cardiovascular em um período de 15 anos.

Outro estudo revelou que comer chocolate 2 ou mais vezes por semana diminuiu o risco de ter placa calcificada nas artérias em 32%. Comer chocolate com menos frequência não teve efeito.

Ainda, um estudo mostrou que o consumo de chocolate, mais de 5 vezes por semana, diminuiu o risco de doença cardiovascular em 57%.

Claro, esses 3 estudos são chamados de observacionais. Ou seja, não podem provar que foi o chocolate que causou a redução do risco.

Entretanto, tendo em vista que nós temos um mecanismo biológico (pressão arterial mais baixa e LDL oxidado), eu acho plausível que o consumo regular de chocolate amargo possa, de fato, reduzir o risco de doenças cardíacas.

Resumindo: Estudos observacionais mostraram uma drástica redução no risco de doenças cardíacas para as pessoas que consomem muito chocolate.

 

6. O chocolate amargo pode proteger a sua pele contra o sol

Os compostos bioativos no chocolate amargo também podem ser ótimos para a sua pele.

Os flavonóides podem proteger contra danos causados pelo sol, melhorar o fluxo sanguíneo para a pele e aumentar a densidade e hidratação da pele.

A dose mínima de eritema (DME) é a quantidade mínima de raios UVB necessária para causar vermelhidão na pele, 24 horas após a exposição.

Em um estudo com 30 pessoas, a DME mais que dobrou após o consumo de chocolate amargo com alto teor de flavonóis por 12 semanas.

Se você estiver planejando passar as suas férias na praia, considere fazer um estoque de chocolate amargo nas semanas e meses anteriores.

Resumindo: Estudos mostram que flavonóis do cacau podem melhorar o fluxo sanguíneo para a pele e protegê-la contra danos causados pelo sol.

 

 

7. O chocolate amargo pode melhorar o funcionamento cerebral

As boas notícias ainda não acabaram. O chocolate amargo pode, ainda, melhorar a função do cérebro.

Um estudo com voluntários saudáveis mostrou que 5 dias consumindo cacau com alto teor de flavonóis melhorou a circulação sanguínea para o cérebro.

O cacau pode melhorar siginificativamente a função cognitiva em idosos com deficiência mental. Ele também aperfeiçoa a fluência verbal e melhora muitos fatores de risco.

Além disso, o cacau contém substâncias estimulantes como cafeína e teobromina, o que pode ser uma das principais razões da melhora da função cerebral em curto prazo devido ao seu consumo.

 

Para levar

Existem evidências consideráveis de que o cacau pode proporcionar benefícios poderosos à saúde, sendo que ele é especialmente protetor contra doenças cardiovasculares.

Mas claro, isso não significa que as pessoas devam comer muito chocolate todos os dias. Ele ainda é muito calórico e fácil de comer exageradamente. Talvez coma um ou dois quadrados depois do jantar e tente realmente saboreá-los.

Esteja ciente de que uma grande quantidade do chocolate no mercado é uma porcaria. Você precisa escolher coisas de qualidade , como  chocolate orgânico e amargo com 70% ou mais de teor de cacau.

Chocolates amargos, muitas vezes, contêm açúcar, mas as quantidades geralmente são pequenas. Quanto mais escuro e amargo for o chocolate, menos açúcar ele conterá.  

Claro que há outros benefícios do chocolate que não foram mencionados, como o sabor incrível.

Fonte: Healthline

 

Clique aqui e marque a sua consulta médica!