9 alimentos que vão te ajudar na prevenção do câncer de próstata

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
9 alimentos que vão te ajudar na prevenção do câncer de próstata

Prevenção do câncer de próstata

Não há uma maneira única e melhor de fazer a prevenção do câncer de próstata, mas muitos métodos naturais podem ajudar. Esses incluem manter um peso saudável, fazer exercícios e comer muitas frutas e vegetais. Felizmente, para a grande maioria, o câncer de próstata não é fatal.

A American Cancer Society estima que homens com câncer de próstata possuem uma probabilidade de 99% de taxa de sobrevivência de 5 anos.

Contudo, o câncer de próstata ainda pode trazer sérias consequências para a qualidade de vida e pode apresentar risco de vida.

Nesse artigo, descrevemos muitos passos naturais não para que você faça a prevenção do câncer de próstata, mas sim para que possa reduzir o seu risco.

 

Como evitar o câncer de próstata?

Não há como evitar câncer de próstata, mas é possível reduzir o seu risco de ter.

A maior parte dos métodos naturais de prevenção desse risco são seguros, desde que a pessoa siga as instruções médicas e não tenha uma reação alérgica.

Use esses métodos com cuidado e sempre converse com um médico antes.

Os melhores jeitos de diminuir o risco de desenvolver câncer de próstata envolvem fazer mudanças positivas na dieta e programa de exercícios, de acordo com a American Cancer Society.

Se uma pessoa tentar reduzir o seu risco de outras maneiras, é menos provável que alcance êxito sem uma dieta saudável e um programa de exercícios.

 

Maneiras naturais de reduzir o risco

Pesquisadores continuam a pesquisar potenciais remédios e medicações naturais para reduzir o risco de câncer de próstata.

Os seguintes medicamentos podem ser eficazes:

  • Finasterida (Proscar)
  • dutasterida (Avodart)
  • Aspirina

Entretanto, nenhum estudo até os dias de hoje mostrou definitivamente que qualquer remédio pode eliminar o risco.

Nos últimos anos, pesquisas biomédicas rigorosas testaram a efetividade dos remédios naturais. Por exemplo, resultados de estudos laboratoriais sugeriram que saw palmetto possui propriedades benéficas. Apesar disso, não é um tratamento eficaz para câncer de próstata.

Abaixo estão alguns remédios naturais que são comumente usados para diminuir o risco de câncer de próstata.

 

1- Produtos à base de soja

A isoflavona tem propriedades anti-inflamatórias. Os alimentos com as maiores concentrações de isoflavona são produtos com grãos de soja, incluindo:

  • Tofu
  • Leite de soja
  • Missô

Outros alimentos que contêm isoflavona incluem:

  • Grão de bico
  • Feijões
  • Alfafa

Um estudo de 2016 concluiu que a isoflavona pode ser benéfica à saúde de diversas maneiras, incluindo ajudar a proteger contra câncer de próstata.

A comunidade médica atualmente defende que, enquanto a isoflavona não pode tratar ou prevenir a doença, ela pode ter um papel protetor.

 

2- Ácidos graxos Ômega-3

Os ácidos graxos Ômega-3 estão presentes em peixes e em outros frutos do mar. Fontes adicionais incluem:

  • Nozes
  • Sementes de linhaça
  • Soja

Há algumas evidências que mostram que os ácidos graxos Ômega-3 podem reduzir o risco de câncer de próstata.

Contudo, muitos especialistas não acreditam que os ácidos possuam significativas propriedades de combate ao câncer.

 

3- Tomates

Tomates processados, incluindo todas as versões cozidas e enlatadas, contêm um composto chamado licopeno.

Alguns estudos sugerem que esse composto pode reduzir o risco de cânceres, especialmente os de próstata, pulmão e estômago.

Uma análise de 2016 descobriu que o aumento do consumo de tomate resultou em uma redução do risco de câncer de próstata, embora os autores observem que mais pesquisas são necessárias.

Toranja, melancia e damasco também contêm licopeno.

 

4- Café

Em 2016, pesquisadores publicaram uma análise de 105 estudos que consideravam os efeitos do café no risco de câncer.

Eles concluíram que o café e suas capacidades antioxidantes podem reduzir o risco de desenvolver câncer de próstata e alguns outros tipos da doença.

 

5- O que deve ser evitado

Alguns compostos em alimentos podem aumentar o risco de uma pessoa desenvolver câncer de próstata.

Considere evitar os seguintes:

 

6- Selenium e vitamina E

A comunidade médica já considerou selenium e vitamina E como adversários do câncer.

Entretanto, pesquisas mais recentes sugerem que esses compostos, quando tomados juntos ou isolados, podem aumentar o risco de câncer de próstata em algumas pessoas.

Qualquer pessoa preocupada com câncer de próstata deve evitar suplementos que contenham vitamina E ou selenium.

 

7- Óleos vegetais

Uma dieta excessivamente alta em gordura pode aumentar o risco de muitos tipos de câncer. Os próprios ácidos graxos Ômega-3 em óleos vegetais podem promover o crescimento das células cancerígenas da próstata.

Óleos derivados de milho, girassol, cártamo, caroço de algodão e soja, por exemplo, podem conter quantidades substanciais de ácidos graxos ômega-6.

 

8- Carnes fritas ou grelhadas

O National Cancer Institute nos Estados Unidos aconselha evitar carnes preparadas em altas temperaturas, geralmente grelhadas ou fritas.

Quando uma pessoa cozinha carne muscular, incluindo carne bovina, suína e de frango, em temperaturas altas, a carne pode formar substâncias químicas que mudam o DNA, resultando em um risco aumentado de câncer.

 

9- Açúcar e carboidratos

A carga glicêmica e as medidas do índice glicêmico mostram a rapidez com que carboidratos e açúcares afetam a glicose no sangue e a insulina de uma pessoa.

Alguns estudos sugeriram que uma dieta com uma alta carga glicêmica pode aumentar o risco de desenvolver câncer de próstata.

O Dana-Farber Cancer Institute relata que, enquanto a relação entre açúcar e câncer permanece complexa, o açúcar pode ter o maior impacto sobre o risco de câncer de próstata, colorretal e pancreático.

 

Fatores de risco

Fatores de risco para câncer de próstata incluem:

  • Idade. Aproximadamente 60% de todos os diagnósticos de câncer de próstata ocorrem em homens com mais de 65 anos ou mais.
  • Genética. As maiores taxas de câncer de próstata ocorrem em homens afro-americanos, seguidos por homens caucasianos, hispânicos, índios americanos / nativos do Alasca e asiáticos / ilhéus do Pacífico, respectivamente.
  • Dieta. Uma dieta rica em gordura e baixa em frutas e vegetais aumenta o risco de câncer de próstata.
  • Ambiente. A exposição a alguns elementos químicos industriais também aumenta o risco.
  • Histórico familiar. Se o pai ou o irmão teve câncer de próstata, a pessoa tem mais que o dobro do risco de desenvolver o câncer.

 

Faça exames regularmente

Um estilo de vida que inclua exercícios e uma dieta saudável pode ajudar a reduzir o risco de câncer de próstata.

Apesar disso, fazer exames e ir ao médico regularmente para consultas de rotina ainda é a melhor maneira de lidar com o risco.

Converse com o seu médico antes de tentar maneiras naturais ou alternativas de evitar o câncer.

 

Para levar

Enquanto a prevenção do câncer de próstata mais assertiva ainda não existe, algumas mudanças no estilo de vida e compostos naturais podem reduzir o seu risco.

Qualquer pessoa preocupada com sobre como fazer a prevenção do câncer de próstata deve fazer exames e triagens regulares.