As Lesões Mais Comuns no Futebol

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
As Lesões Mais Comuns no Futebol

O que são?

As lesões do futebol são geralmente definidas como acumulativas (devido ao uso excessivo) ou lesões agudas (traumáticas).

As lesões por uso excessivo ocorrem ao longo do tempo. A maior causa é o estresse nos músculos, juntas e nos tecidos moles sem tempo adequado para cura. Elas começam pequenas, como uma dor irritante, e podem se transformar em uma lesão debilitante se não forem tratadas precocemente.

As lesões agudas ou traumáticas ocorrem devido a uma força súbita ou impacto, e podem ser bem dramáticas.  

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

Lesões comuns

Tornozelo torcido: é a lesão mais comum de todas. Uma torção ocorre quando há um alongamento e rompimento de ligamentos ao redor da junta do tornozelo.  

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

Tendinite do calcâneo: é uma lesão crônica que ocorre principalmente por causa do uso em excesso e é sentida como uma dor na parte de trás do tornozelo. Se for ignorada, pode aumentar o seu risco de ruptura do tendão de Aquiles.

Concussão: ocorre com um impacto repentino ou golpes na cabeça.

Distensão da virilha: ou tensão da virilha (adutora), ocorre quando os músculos da parte interna da coxa são esticados além de seus limites.

Ruptura, distensão ou contração do tendão de jarrete (isquiossurais): são comuns entre os corredores e podem variar de pequenas contrações à ruptura total dos músculos na parte de trás da coxa.

Síndrome da Banda Iliotibial: geralmente resulta em dor nos joelhos, que é frequentemente sentida no lado externo (lateral) do joelho ou na parte inferior.

Câimbras musculares: a câimbra é uma dor intensa e repentina causada involuntariamente por um músculo e, também, uma contração forçada de um músculo que não relaxa.

Bolhas: são bolsas cheias de fluidos na superfície da pele que, comumente, ocorrem nas mãos ou pés.

Dor muscular tardia: também chamada de DMT, essa dor, rigidez ou inflamação muscular ocorre entre 24-48 horas após um exercício particularmente intenso ou devido a uma nova série de exercícios.

Síndrome da dor patelofemural: esse termo geralmente refere-se à dor sob ou ao redor da rótula do joelho. Também chamada de “Joelho do Corredor”.

Fascite plantar: é a causa mais comum de dor na parte inferior do calcanhar e geralmente é percebida devido à dor durante os primeiros passos da manhã.  

Tensão ou estiramento do músculo da paturrilha: ocorre quando partes dos músculos da perna (gastrocnêmio ou sóleo) são puxadas pelo tendão de Aquiles. É similar a uma ruptura do tendão de Aquiles, mas ocorrei mais acima, na parte de trás da perna.

Canelite: descreve uma variedade de dores generalizadas que ocorrem na frente da perna ao longo da tíbia (osso da canela). A canelite é considerada uma lesão por estresse acumulativo.

Entorce ou distensões: são lesões agudas que variam em gravidade, mas, frequentemente, resultam em dor, inchaço, hematomas e perda da habilidade de mover e usar a junta.

Fratura por estresse: fraturas desse tipo nas pernas são, geralmente, o resulto do uso em excesso ou impactos repetidos em uma superfície dura.

Tendinite e ruptura do tendão: tendinite é simplesmente uma inflamação do tendão. Geralmente ocorre devido ao uso em excesso, mas também pode resultar de uma contração forte, que gera micro lágrimas nas fibras musculares. Essas lágrimas podem levar à fraqueza e inflamação.

As lesões no joelho comuns em jogadores de futebol

  • Lesões do Ligamento Cruzado Anterior (LCA) e do Ligamento Cruzado Posterior (LCP)
  • Lesões do Ligamento Colateral Medial (LCM) e do Ligamento Colateral Lateral (LCL)

Lesões do ligamento do joelho são muito comuns em esportes que exigem parar e iniciar ou mudar rapidamente de direção.

Lesões do Ligamento Cruzado não geram sempre dor, mas, geralmente, resultam em um alto ‘pop’. A maior parte dessas lesões é confirmada com ressonância magnética. A cirurgia artroscópica é, às vezes, a melhor maneira de encontrar uma ruptura parcial.

Cartilagem rasgada do joelho: é geralmente uma ruptura do menisco.

Esses pequenos pedaços de cartilagem atuam como almofadas entre o osso da coxa (fêmur) e a tíbia (osso da canela). As rupturas do menisco são, frequentemente, o resultado de uma torção, um giro, uma desaceleração ou um impacto súbito. Pode ser identificada por vários testes manuais que um médico pode realizar para detectar a cartilagem rasgada.

Muitas lesões desportivas podem ocorrer devido ao uso em excesso, falta de descanso e aquecimentos adequados ou condicionamento deficiente. 

Dicas para evitar lesões devido à prática de esportes:

  • Siga um programa de prevenção de lesões do LCA para jogadores de futebol
  • Faça um bom aquecimento antes de jogar.
  • Use equipamento de proteção, dependendo do esporte (protetores bucais, joelheiras e cotoveleiras, proteção para os olhos…).
  • Use uma boa técnica e jogue seguindo as regras.
  • Limpe as quadras antes de jogar – verifique se há pontos escorregadios ou detritos.
  • Tenha um kit de primeiros socorros à mão.
  • Tenha uma recuperação adequada.
  • Permaneça hidratado.