Tudo que você precisa saber sobre o aumento do apetite

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Tudo que você precisa saber sobre o aumento do apetite

Visão geral sobre apetite

Se você quer comer mais frequentemente ou em maiores quantidades do que está acostumado, o seu apetite aumentou. Mas se você come mais do que o seu corpo precisa, você pode ganhar peso.

É normal ter um aumento do apetite após um esforço físico ou algumas outras atividades. Mas se o seu apetite aumentou significativamente por um longo período de tempo, pode ser um sintoma de uma doença séria, como o diabetes ou hipertireoidismo.

Condições de saúde mental, como a depressão e o estresse, também podem levar a mudanças no apetite e a comer demais. Se você está sentindo uma fome excessiva contínua, marque uma consulta com o seu médico.

O seu médico pode se referir ao seu aumento do apetite como hiperfagia ou polifagia. O tratamento dependerá da causa subjacente de sua condição.

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!

Causas do aumento do apetite

Você pode ter um aumento do apetite após praticar esportes ou outras atividades. Isso é normal. Se for persistente, pode ser um sintoma de uma condição de saúde subjacente ou outro problema.

Por exemplo, um aumento do apetite pode resultar de:

  • Estresse
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Síndrome pré-menstrual, os sintomas físicos e emocionais que precedem a menstruação
  • Reações a certos medicamentos, como corticosteroides, cipro-heptadina e antidepressivos tricíclicos
  • Gravidez
  • Bulimia, um distúrbio alimentar no qual você come compulsivamente e depois induz vômitos ou usa laxantes para evitar ganhar peso
  • Hipertireoidismo, uma glândula tireóide hiperativa
  • Doença de Graves, uma doença autoimune na qual a tireóide produz hormônios da tireoide em excesso
  • Hipoglicemia, ou baixo nível de açúcar no sangue
  • Diabetes, uma condição crônica em que seu corpo tem dificuldade em regular os níveis de açúcar no sangue

Diagnosticando a causa do seu aumento do apetite

Se o seu apetite aumentou significativamente e persistentemente, entre em contato com o seu médico. É especialmente importante contatá-lo se as mudanças no seu apetite vierem acompanhadas de outros sintomas. 

O seu médico provavelmente desejará realizar um exame físico completo e anotar seu peso atual. Ele provavelmente fará uma série de perguntas, como:

  • Você está tentando fazer dieta?
  • Você ganhou ou perdeu uma quantidade substancial de peso?
  • Seus hábitos alimentares mudaram antes do aumento do apetite?
  • Como é sua dieta diária comum?
  • Como é sua rotina normal de exercícios?
  • Você já foi diagnosticado com alguma doença crônica?
  • Quais medicamentos ou suplementos prescritos ou de venda livre você toma?
  • Seu padrão de fome excessiva coincide com seu ciclo menstrual?
  • Você também notou aumento da micção?
  • Você sentiu mais sede do que o normal?
  • Você esteve vomitando regularmente, intencionalmente ou não?
  • Você está se sentindo deprimido, ansioso ou estressado?
  • Você usa álcool ou drogas?
  • Você tem algum outro sintoma físico?
  • Você esteve recentemente doente?

Dependendo dos seus sintomas e histórico médico, o seu médico poderá pedir um ou mais exames de diagnóstico. Por exemplo, ele pode pedir exames de sangue e teste de função tireoidiana para medir os níveis de hormônios da tireoide no seu corpo. 

Se ele não conseguir achar uma causa física para explicar o aumento do apetite, o seu médico poderá recomendar uma avaliação psicológica com um profissional da saúde mental. 

Tratando a causa do aumento do apetite 

Não tente tratar as mudanças no seu apetite usando inibidores de apetite de venda livre (sem prescrição) sem antes falar com o seu médico.

O plano de tratamento recomendado dele dependerá da causa do aumento do apetite. Se o médico diagnosticá-lo com uma condição médica subjacente, ele pode ajudá-lo a aprender como tratá-la e administrá-la.

Se você for diagnosticado com diabetes, o seu médico ou nutricionista pode ajudá-lo a aprender como administrar os seus níveis de açúcar sanguíneo. Ele também pode instruí-lo a como reconhecer os primeiros sinais de alerta de pouco açúcar no sangue, e como tomar medidas para corrigir o problema rapidamente.

O baixo açúcar sanguíneo também é conhecido como hipoglicemia e pode ser considerado uma emergência médica. Se não for tratado adequadamente, pode levar à perda de consciência e até mesmo à morte.

Se os seus problemas de apetite estiverem sendo causados por medicações, o seu médico poderá recomendar remédios alternativos ou ajustar a dosagem. Nunca pare de tomar um remédio prescrito ou mude a sua dosagem sem conversar com o seu médico primeiro.

Em alguns casos, o seu médico poderá recomendar aconselhamento psicológico. Por exemplo, um transtorno alimentar, depressão ou outra condição de saúde mental geralmente inclui o aconselhamento psicológico como parte do tratamento.

Fonte: Health Line

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!