Bebês Podem Comer Morango?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Bebês Podem Comer Morango?

Quando introduzir alimentos sólidos

Entre 4 e 6 meses de idade, a Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia (AAAAI) afirma que muitos bebês começam a desenvolver as habilidades necessárias para ingerir alimentos sólidos. Essas habilidades incluem um bom controle da cabeça e pescoço e a capacidade de se sentar, com ajuda, em uma cadeira alta.

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

Se o seu bebê estiver mostrando interesse pela sua comida e tiver essas habilidades, você pode introduzir um primeiro alimento como cereal de arroz ou outro cereal integral simples. Quando o seu bebê virar um especialista em comer cereais, ele estará pronto para comidas como vegetais e frutas amassadas ou purê.

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

 

Você pode experimentar comidas que possuem apenas um ingrediente, como purê de cenoura, abóbora e batata-doce, frutas como peras, maçãs e bananas e vegetais verdes também. É importante introduzir um novo alimento de cada vez e esperar de três a cinco dias antes de inserir outro alimento. Dessa forma, você tem tempo para observar qualquer reação a específicos alimentos.

De acordo com a AAAAI, até mesmo alimentos altamente alergênicos podem ser introduzidos na dieta do seu bebê após ele ter começado a comer sólidos. Comidas altamente alergênicas incluem:

– Laticínios
– Ovos
– Peixe
– Amendoim

No passado, a recomendação era evitar esses alimentos para reduzir as chances de alergias se desenvolverem.  Mas de acordo com a AAAAI, demorar a dá-los, na realidade, pode aumentar o risco do seu bebê desenvolver uma alergia.

Os frutos silvestres, incluindo o morango, não são considerados alimentos altamente alergênicos.  Mas talvez você note que eles possam causar uma irritação ao redor da boca do seu bebê. Alimentos ácidos, como as frutas silvestres, frutas cítricas, vegetais e tomates podem causar irritação ao redor da boca, mas essa reação não deve ser considerada uma alergia. Pelo contrário, é uma reação aos ácidos desses alimentos.  

Mesmo assim, se seu bebê sofre com o eczema ou tem outra alergia alimentar, converse com o seu pediatra antes de introduzir os frutos silvestres na dieta do pequenino.

 

Sinais de alergia alimentar

Quando o seu bebê tem alergia a alguma comida, o corpo dele está reagindo a proteínas do alimento que ele ingeriu. As reações podem variar de suaves a muito graves.  Se o seu filho estiver exibindo sinais de uma alergia alimentar, você poderá notar os seguintes sintomas:

– Urticária ou erupções cutâneas com coceira
– Inchaço
– Chiado ou dificuldade para respirar
– Vômito
– Diarreia
– Pele pálida
– Perda de consciência

Em casos graves, múltiplas partes do corpo são afetadas ao mesmo tempo. Isso é conhecido como anafilaxia e apresenta risco de vida. Se o seu filho estiver tendo problemas para respirar depois de comer um novo alimento, ligue para a emergência imediatamente.

 

Introduzindo morangos

Você precisa considerar outras coisas antes de introduzir morangos na dieta do seu bebê pela primeira vez. Morangos cultivados convencionalmente estão na lista da “dúzia suja” do Environmental Working Group por causa das altas concentrações de pesticidas. É melhor comprar frutas orgânicas para evitar isso.

Há também a possibilidade do seu bebê engasgar. Morangos inteiros, ou até mesmo aqueles cortados em grandes pedaços, podem apresentar um risco de asfixia para bebês e até crianças pequenas. Ao invés de cortar em pedaços, tente fazer uma espécie de purê de morangos em casa. Lave 8 a 10 morangos e remova as hastes. Coloque em um liquidificador de alta potência ou processador de alimentos e misture até ficar homogêneo.

Purê de morango, mirtilo e maçã

Quando o seu bebê estiver pronto para o segundo estágio dos alimentos e você já tiver adicionado os morangos, mirtilos e maçãs à dieta dele, um de cada vez, sem efeitos colaterais adversos, tente fazer esta receita fácil.

Ingredientes:

– 1/4 xícara de mirtilos frescos
– 1 xícara de morangos picados
– 1 maçã, descascada, sem caroço e cortada em cubos

Coloque as frutas em uma panela e cozinhe por dois minutos em fogo alto. Deixe ficar no fogo baixo por mais cinco minutos. Despeje em um processador de alimentos ou liquidificador e bata até ficar homogêneo e com a consistência de um smooth. Congele em recipientes individuais. Esta receita faz quatro porções de 50 ml.

Se o purê ficar muito grosso para o seu bebê, afine-o com um pouco de água.

Purê de banana e morango

Após o seu bebê ter experimentado banana e não ter tido nenhum problema, também experimente fazer essa receita. Os bebês podem comê-la simples ou misturada em cereais de arroz.

Ingredientes:

– 1 xícara de morangos orgânicos, descascados, sem a casca exterior e sementes
– 1 banana madura

Coloque todos os ingredientes em um processador de alimentos e misture até ficar homogêneo e com a consistência de um smooth. As sobras podem ser congeladas. Mais uma vez, use água para diluir o purê se ele ficar muito espesso.

Se você não descascar os morangos em suas receitas para remover as sementes, não se assuste ao notá-las na fralda do seu filho. Alguns bebês não digerem bem as sementes dos frutos silvestres. Se você encontrá-las, significa apenas que elas se moveram através do trato digestivo do seu bebê.

Fonte: Healthline

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!