Câncer de tireoide: causas, sintomas e tratamentos

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Câncer de tireoide: causas, sintomas e tratamentos

O que é o câncer de tireoide?

A glândula tireoide é uma parte do sistema endócrino. O sistema endócrino produz hormônios que regulam as funções normais do corpo. A tireoide é uma glândula pequena, que tem o formato de borboleta, na base da garganta. Ela tem um lobo direito e esquerdo. O istmo é a parte da glândula tireoide onde os lobos conectam-se. A tireoide produz o hormônio tiroxina, que ajuda o corpo a regular:

  • Metabolismo
  • Pressão arterial
  • Frequência cardíaca
  • Temperatura corporal
  • Peso corporal 

O câncer de tireoide é o tipo mais comum de câncer endócrino. 

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!

Sintomas do câncer de tireoide 

O câncer de tireoide nos estágios iniciais não apresenta sintomas. Você não conseguirá sentir a glândula se ela estiver saudável. Conforme progride, os seguintes sintomas podem ocorrer: 

  • Um nó na garganta
  • Tosse
  • Rouquidão
  • Dor na garganta e pescoço
  • Dificuldade para engolir
  • Gânglios linfáticos inchados no pescoço

Converse com o seu médico se você tiver algum desses sintomas. 

Fatores de risco para o câncer de tireoide

Os fatores de risco para o câncer de tireoide incluem:

  • Ter um histórico familiar de câncer de tireoide 
  • Ser mulher
  • Ter um histórico médico de câncer de mama
  • Ter um histórico de exposição à radiação

A idade também é um fator de risco. É mais provável que ocorra após os 40 anos

Tipos de câncer de tireoide e incidência 

Os cânceres de tireoide são relativamente comuns. Os cânceres de tireoide são classificados de acordo com a aparência das células cancerosas. As células cancerosas que parecem células saudáveis são chamadas de células bem diferenciadas. As células bem diferenciadas crescem em um ritmo mais lento do que as células não diferenciadas. 

Os tipos podem ser:

Carcinoma papilífero

O carcinoma papilífero é uma forma bem diferenciada do câncer de tireoide. É o tipo mais comum. É mais frequentemente visto em mulheres com idade fértil. O carcinoma papilífero é menos perigoso do que outros tipos. Ele espalha-se mais lentamente e é tratável. 

Carcinoma medular de tireoide 

O carcinoma medular de tireoide é outra forma bem diferenciada do câncer de tireoide. Alguns casos de carcinoma medular de tireoide têm um componente genético. Isso pode fazer com que ele ocorra como parte de uma síndrome neoplásica endócrina. Os casos sem um componente genético são considerados “esporádicos”.

O carcinoma medular de tireoide surge em células, que não são da tireoide, localizadas na glândula tireoide. É tratado diferentemente das outras formas de câncer de tireoide. 

Carcinoma folicular da tireoide 

O carcinoma folicular da tireoide é o tipo de câncer de tireoide mais propenso a espalhar-se e a recorrer. O câncer de células de Hurthle é um tipo de câncer folicular.

Carcinoma anaplásico da tireoide 

O carcinoma anaplásico da tireoide é a forma mais agressiva do câncer de tireoide. É raro e difícil de tratar. 

Linfoma da tireoide 

Esse é um tipo raro. Ele começa nas células do sistema imunológico localizadas na glândula tireoide. 

Diagnosticando o câncer de tireoide 

Os resultados de um exame físico ou teste de laboratório podem revelar a presença do câncer de tireoide. Um exame do pescoço pode revelar uma massa pequena ou grande na tireoide. Os nódulos linfáticos também podem estar aumentados. 

Os exames laboratoriais e procedimentos utilizados para diagnosticar o câncer de tireoide incluem: 

  • Testes de função tireoidiana
  • Um exame de tireoglobulina, que é usado para câncer papilar ou folicular
  • Um ultrassom da tireoide
  • Uma tomografia da tireoide
  • Uma biópsia da tireoide
  • Nível de cálcio no sangue
  • Nível de fósforo no sangue
  • Nível de calcitonina no sangue
  • Laringoscopia

Como tratar? 

O tratamento dependerá do tipo de câncer que você tem e se é metastizado ou se ele se espalhou.

A maior parte das pessoas submete-se a remoção cirúrgica de toda ou parte da glândula tireoide. Isso remove a sua habilidade de produzir hormônios normais da tireoide. Os suplementos orais podem substituir os seus hormônios.

Outros tratamentos incluem: 

  • Iodo radioativo
  • Radioterapia com feixe externo
  • Quimioterapia

Qual é o panorama para cura das pessoas com câncer de tireoide?

As pessoas diagnosticadas nos estágios iniciais do câncer de tireoide geralmente respondem bem ao tratamento e entram em remissão. Alguns tipos de câncer de tireoide tem uma maior taxa de recorrência do que outros. 

Certifique-se de ir a consultas de acompanhamento de rotina depois que você estiver em remissão. Os médicos precisarão verificar você pelo resto da vida em busca de sinais de recorrência do câncer. O seu médico também vai querer verificar rotineiramente se a quantidade de hormônios de reposição da tireoide que você está tomando está correta.

Como evitar?

A causa do câncer de tireoide não é determinada na maior parte dos casos. Isso significa que para a maior parte das pessoas não há uma maneira de evitá-lo. 

É sabido que o carcinoma medular da tireoide é hereditário. Converse com o seu médico se a sua família tiver um histórico médico desse tipo de câncer de tireoide. O seu médico pode encaminhá-lo a um conselheiro genético que pode determinar a probabilidade de desenvolver câncer de tireoide. 

As pessoas que vivem perto de usinas nucleares são mais propensas a desenvolver câncer de tireoide do que as pessoas que não moram perto. Converse com o seu médico sobre pílulas de iodeto de potássio se você mora perto de uma usina nuclear. 

Mantenha os seus check-ups anuais e fale com o seu médico se você estiver sentindo um novo sintoma. Isto tornará mais provável que o seu médico encontre quaisquer complicações graves de saúde nas fases iniciais. 

Fonte: Health Line

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!