Causas, sintomas e tratamento de hemorroida

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Causas, sintomas e tratamento de hemorroida

O que é hemorroida?

Hemorroidas são veias inchadas e irritadas ao redor do ânus ou reto. Em algumas pessoas, as hemorroidas podem melhorar por conta própria. Em outros casos, elas podem ocorrer regularmente. Nesse artigo, aprenda mais sobre as causas, os sintomas e o tratamento de hemorroida.

Algumas pessoas podem precisar de medicamentos ou procedimentos médicos para minimizar os sintomas e reduzir as hemorroidas. As hemorroidas podem causar dor e fazer com que atividades simples, como sentar ou andar se tornem desafiadoras. 

 

Não tem plano de saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já

 

Entendendo as hemorroidas

As hemorroidas vêm de pequenos grupos de veias perto das membranas mucosas do ânus e do reto inferior. Elas se desenvolvem quando as veias ficam inchadas ou irritadas.  

Hemorroidas internas: As hemorroidas internas aparecem dentro do reto inferior e não são visíveis a olho nu. Este tipo de hemorroida, às vezes, não causa qualquer dor ou irritação, mas as pessoas podem ter outros sintomas.

 

Hemorroidas externas: As hemorroidas externas aparecem na parte de fora do ânus e comumente causam dor e desconforto,

Os sintomas das hemorroidas podem variar de pessoa a pessoa, mas geralmente incluem:

  • Um nódulo externo ao ânus
  • Dor ou desconforto
  • Coceira, mesmo depois de limpar a área limpa
  • Inchaço perto do ânus
  • Uma sensação de queimação ao fazer cocô ou ao estar em repouso

A pessoa com hemorroida talvez note sangue nas fezes ou na privada.

 

Cego botão cartão Doutor Já

Uma Alternativa aos Planos de Saúde

 

Durante a gravidez

As hemorroidas são um problema comum durante a gravidez. O peso extra da gestante  pode colocar pressão nas veias do ânus ou do reto.

Conforme o útero cresce, mais pressão é colocada nas veias perto do reto.

Mudanças hormonais podem relaxar as veias nessa área, o que também pode aumentar a possibilidade de haver hemorroidas.

Mudanças hormonais e físicas também podem causar problemas gastrointestinais, como onstipação ou diarreia. Eles aumentam o risco de uma pessoa desenvolver hemorroida.

 

Duração

Não há uma duração definida para hemorroidas. Se forem pequenas, o tratamento de hemorroidas pode não ser necessário e elas irão embora em alguns dias.

Hemorroidas grandes e externas podem levar mais tempo para curar e causar uma dor significativa e desconforto. Se o problema com hemorroidas não passar, é melhor procurar um médico para ver o melhor tratamento.

 

Fatores de risco

Fatores de risco para hemorroidas graves ou recorrentes incluem:

  • Poucas fibras
  • Estar com sobrepeso ou obesidade
  • Estar grávida
  • Ter constipação crônica
  • Ter diarreia crônica
  • Ter músculos envelhecidos
  • Ficar sentado no vaso por muito tempo
  • Se esforçar ao ter um movimento intestinal (evacuar)
  • Ter relações anais
  • Uso excessivo ou abuso de enemas ou laxantes

Alguns dos fatores acima também dificultam a cura das hemorroidas.

 

Tratamento de hemorroida

O tratamento de hemorroida não é necessário em todos os casos. Algumas pessoas melhoram sozinhas depois de alguns dias. Durante esse tempo, você deve descansar e evitar fazer qualquer coisa que coloque pressão na área. O tratamento de hemorroida com remédios que não precisam de receita pode funcionar. Procure por medicamentos em cremes, como o gel de fenilefrina (Preparação H). Eles podem ajudar a aliviar a coceira e o desconforto.

Se esse tipo de tratamento de hemorroida não fizer muito efeito, o médico será capaz de prescrever pomadas mais eficazes.

Pessoas que frequentemente têm hemorroidas ou acabam tendo complicações, tal como sangue nas fezes, devem conversar com o médico. O médico poderá recomendar tratamentos alternativos ou fazer exames para eliminar causas subjacentes.

 

Casos graves

Pessoas em casos mais graves talvez precisem de um tratamento de hemorroida mais intensivo, incluindo procedimentos médicos.  Esses procedimentos podem incluir:

  • Ligadura elástica, que é o procedimento não cirúrgico mais comum para a remoção de hemorróidas. Um médico colocará um pequeno elástico apertado ao redor da hemorroida para interromper a circulação no tecido e permitir que ele caia.
  • Escleroterapia, durante a qual um médico injeta uma medicação química na hemorroida para diminuí-la. Os médicos também podem usar temperaturas de calor, congelamento ou luz para conseguir isso.
  • Remoção cirúrgica, que os médicos recomendam apenas nos casos em que as hemorroidas não respondem aos métodos domiciliares ou do consultório. Geralmente a cirurgia é bem sucedida e impede que as hemorroidas voltem.

 

Recuperação

Para as pessoas que tem hemorroidas frequentemente, algumas mudanças no estilo de vida e na dieta podem ajudar com o processo de cura e prevenção.

 

1- Dieta

Fazer força durante os movimentos intestinais é uma causa comum das hemorroidas, mas as pessoas podem fazer mudanças na dieta para reduzir a necessidade de se esforçar.

Incluir alimentos ricos em fibras na dieta geralmente é benéfico. Fibras vegetais de frutas, vegetais, nozes e grãos ajudam a juntar água nas fezes, tornando-as mais macias e fáceis de passar.

Acrescentar fibras solúveis à dieta, como metilcelulose (Citrucel) ou psílio (Metamucil), pode reduzir a constipação.

Beber muita água ao longo do dia ajuda a garantir que o corpo tenha o suficiente de água para uma digestão saudável, o que também pode aliviar a constipação.  

 

2- Estilo de vida

Fazer algumas pequenas mudanças no estilo de vida pode ajudar a minimizar os sintomas das hemorroidas. Algumas dicas incluem:

  • Usar um banquinho para sustentar as pernas durante o movimento do intestino. Isso mudará a posição do canal anal, o que pode facilitar a passagem das fezes.
  • Evitar atrasar o movimento do intestino quando a vontade de ir ao banheiro surge.
  • Tomar banho regularmente
  • Lavar delicadamente o ânus no chuveiro após cada evacuação. Você também pode usar lencinhos umedecidos ou água de um bidé ou do chuveirinho.
  • Tomar um banho quente sentado para aliviar os sintomas.
  • Sentar em um bloco/pacote/saco de gelo para reduzir a dor ou desconforto.
  • Fazer exercícios regularmente para ajudar a estimular os movimentos intestinais.

Ficar muito tempo na privada pode fazer com que o sangue se acumule nas veias do reto ou exerça pressão desnecessária sobre elas.

Enquanto as mudanças no que você come podem reduzir o tempo gasto na privada, as pessoas também devem evitar pegar o celular, um jornal ou livro enquanto estiverem no banheiro.

 

Conclusão

As hemorroidas geralmente não são graves, mas elas podem ser incômodas e dificultar a rotina.

O tempo de duração das hemorroidas pode mudar, mas vários remédios não prescritos e opções médicas estão disponíveis para o tratamento.

Também há mudanças simples que você pode fazer na sua dieta e no estilo de vida para conseguir aliviar os sintomas e evitar a formação de novas hemorroidas.

 

Fonte: Medical News Today