Como saber se você tem um coágulo sanguíneo?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Como saber se você tem um coágulo sanguíneo?

O que é um coágulo sanguíneo?

Um coágulo sanguíneo é um aglomerado de sangue que mudou de um estado líquido para um estado semelhante a gel ou semi-sólido.  A coagulação é um processo necessário que pode evitar que você perca muito sangue em certos casos, como quando você é ferido ou cortado. 

Quando um coágulo se forma em uma das suas veias, ele não se dissolve sempre por conta própria. Essa pode ser uma situação muito perigosa e até mesmo pode apresentar risco de vida.

Um coágulo sanguíneo imóvel não irá machucá-lo, mas há uma chance dele mover-se e tornar-se perigoso. Se ele se soltar e viajar pelas veias até o coração e os pulmões, ele pode ficar preso e impedir o fluxo sanguíneo. Esta é uma emergência médica.

Você deve ligar para o seu médico imediatamente se você acha que pode estar com um coágulo sanguíneo. Um profissional de saúde será capaz de analisar os seus sintomas e histórico médico e informar quais passos devem ser seguidos a partir daí.

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!

Tipos de coágulos sanguíneos 

O seu sistema circulatório é formado de vasos sanguíneos chamados veias e artérias, que transportam o sangue pelo seu corpo. Os coágulos sanguíneos podem formar-se nas veias ou artérias. 

Quando um coágulo sanguíneo ocorre numa artéria, é chamado de coágulo arterial. Esse tipo de coágulo gera sintomas imediatamente e precisa de tratamento emergencial. Os sintomas de um coágulo arterial incluem dor severa, paralisia de partes do corpo, ou ambos. Pode levar a um ataque cardíaco ou AVC. 

Um coágulo sanguíneo que ocorre em uma veia é chamado de coágulo venoso. Esse tipo de coágulo pode acumular-se mais lentamente com o passar do tempo, mas ainda assim pode apresentar risco de vida. O tipo mais sério de coágulo venoso é chamado trombose venosa profunda. 

Trombose venosa profunda 

A trombose venosa profunda (TVP) é o nome do coágulo que se forma em uma das principais veias profundas dentro do seu corpo. É mais comum acontecer em uma das suas pernas, mas também pode ocorrer nos seus braços, pélvis, pulmões, ou até mesmo no cérebro.

Os Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) estima que a TVP, junto com a embolia pulmonar (um tipo de coágulo venoso que afeta os pulmões), afeta até 900.000 estadunidenses a cada ano. Esses tipos de coágulos sanguíneos matam aproximadamente 100.000 pessoas nos EUA anualmente. 

Não há nenhum jeito de saber se você tem um coágulo sanguíneo sem orientação médica. Se você conhece os principais sintomas e fatores de risco, você pode ter a melhor chance de saber quando procurar uma opção especializada. 

É possível ter um coágulo sanguíneo sem sintomas óbvios. Quando os sintomas aparecem, alguns deles são os mesmos de outras doenças. Aqui estão os sinais e sintomas de alerta precoce de um coágulo de sangue na perna ou braço, coração, abdômen, cérebro e pulmões. 

Coágulo sanguíneo na perna ou braço

O local mais comum para ocorrer é na parte inferior das suas pernas.

Um coágulo sanguíneo na sua perna ou braço pode ter vários sintomas, incluindo:

  • Inchaço
  • Dor
  • Sensibilidade
  • Uma sensação quente
  • Descoloração avermelhada

Os seus sintomas dependerão do tamanho do coágulo. Por isso que você pode não ter nenhum sintoma, ou você pode ter apenas um pequeno inchaço na panturrilha sem muita dor. Se o coágulo for grande, sua perna inteira poderá ficar inchada e você poderá sentir muita dor.

Não é comum ter coágulos sanguíneos em ambas as pernas ou braços ao mesmo tempo. As suas chances de ter um coágulo sanguíneo aumentam se os seus sintomas estiverem isolados em apenas uma perna ou braço. 

Coágulo sanguíneo no coração (ataque cardíaco) 

Um coágulo sanguíneo no coração causa um ataque cardíaco. O coração é um local menos comum para um coágulo sanguíneo, mas ainda assim pode acontecer. Um coágulo sanguíneo no coração pode fazer o seu peito doer ou parecer pesado. Tontura e falta de ar são outros sintomas potenciais.

Coágulo sanguíneo do abdômen 

Inchaço e dor abdominal severa podem ser sintomas de um coágulo sanguíneo em algum lugar do seu abdômen. Estes também podem ser sintomas de um vírus estomacal ou intoxicação alimentar. 

Coágulo sanguíneo no cérebro (AVC) 

Um coágulo sanguíneo no cérebro também é conhecido como um AVC. Um coágulo sanguíneo no seu cérebro pode causar uma dor de cabeça súbita e severa, junto com outros sintomas, incluindo uma dificuldade repentina para falar ou ver.

Coágulo sanguíneo nos pulmões (embolia pulmonar) 

Um coágulo sanguíneo que viaja até os seus pulmões é chamado de embolia pulmonar (EP). Os sintomas que podem ser um sinal de uma EP são:

  • Falta de ar repentina que não é causada por exercícios
  • Dor no peito
  • Palpitações ou ritmo cardíaco acelerado
  • Problemas respiratórios
  • Tosse com sangue

Quais são os fatores de risco?

Certos fatores de risco aumentam a sua chance de ter um coágulo sanguíneo. Uma estadia recente em um hospital, especialmente uma que seja longa ou relacionada a uma cirurgia importante, aumenta o risco.

Fatores comuns que colocam você em um risco moderado são:

  • Idade, especialmente se você tem mais de 65 anos
  • Viagens longas, como as que fizeram você ficar sentado por mais de quatro horas por vez
  • Repouso na cama ou ser sedentário por longos períodos de tempo
  • Obesidade
  • Gravidez
  • Histórico familiar de coágulos sanguíneos
  • Fumar
  • Câncer
  • Certas pílulas anticoncepcionais

Quando ligar para um médico ?

Diagnosticar um coágulo sanguíneo apenas pelos sintomas pode ser muito difícil. De acordo com o CDC, cerca de 50% das pessoas com TVP não apresentam sintomas. Por isso que é melhor ligar para o seu médico se você acha que pode ter um coágulo sanguíneo.

Os sintomas que que surgem do nada são especialmente preocupantes. Ligue imediatamente para a emergência se tiver algum dos seguintes sintomas:

  • Falta de ar repentina
  • Pressão no peito
  • Dificuldade em respirar, ver ou falar

O seu médico ou outro profissional da área de saúde poderá saber se há motivos de preocupação e pode enviá-lo para fazer mais exames a fim de determinar a causa exata. Em muitos casos, o primeiro passo será um ultrassom não invasivo. Este teste mostrará uma imagem de suas veias ou artérias, o que pode ajudar seu médico a fazer um diagnóstico.

Fonte: Health Line

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!