Exercícios faciais podem mesmo fazer com que você pareça mais novo?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Exercícios faciais podem mesmo fazer com que você pareça mais novo?

Se exercício é bom para a sua cintura e coração, ele poderia ser bom para o seu rosto? Sim, dizem alguns pesquisadores.

Os pesquisadores dizem que exercícios faciais regulares podem fortalecer os músculos logo abaixo de sua pele e produzir bochechas inferiores e superiores mais completas. Isso pode levar a uma aparência mais jovial.

“Agora há alguma evidência que exercícios faciais podem melhorar a aparência facial e reduzir alguns sinais visíveis do envelhecimento,” o Dr. Murad Alam, vice-presidente e professor de dermatologia da Faculdade de Medicina Feinberg da Universidade Northwestern e principal autor do estudo, disse ao Northwestern Now.

Os pesquisadores dizem que isso significa que você não precisará encarar uma esteira para preencher as linhas do riso na sua testa ou fazer aulas de kickbox para esconder rugas ao redor de seus olhos.

Pelo contrário, você apenas precisará fazer um pouco de yoga- para o seu rosto.

Três anos mais jovem em 20 semanas

Não há nenhum “encarando o cão” para as suas bochechas ou “saudações ao sol” para as suas sobrancelhas.

No lugar deles, você fará “esboço de bochechas felizes” ou o “levantador de bochechas” – dois alongamentos que os participantes realizaram neste estudo, que foi publicado na Dermatologia JAMA.

Exercícios para o rosto funcionam da mesma maneira que os exercícios que fortalecem o seu bíceps e coxas.

Conforme os seus músculos vão ficando mais fortes, eles aumentam e começam a ocupar mais espaço no bolso logo abaixo da pele do seu rosto.

Os músculos mais firmes também ajudam a segurar bolsas de gordura no lugar, o que as impede de escorregar e fazer com que a pele fique caída/“murcha” , algo comumente associado ao envelhecimento facial.

Enquanto os exercícios faciais não são nada de novo, os autores do estudo dizem que esse foi o primeiro olhar científico sobre o impacto que exercícios faciais podem ter na melhora da aparência e redução dos sinais de envelhecimento.

Para esse relatório, os pesquisadores examinaram 27 mulheres, entre os 40 a 65 anos, durante um período de 5 meses. 16 das participantes completaram todo o estudo.

No início do estudo, cada mulher participou de duas sessões de treinamento de 90 minutos com um instrutor de yoga especialmente treinado. Essas sessões foram feitas para ensinar a cada participante a maneira correta de realizar os exercícios a fim de que as práticas fossem consistentes entre as participantes.

Após o treinamento, foi pedido que continuassem com o programa por conta própria.

Nas primeiras oito semanas, as participantes fizeram a sua yoga facial todos os dias. Nas últimas 12 semanas, elas mudaram para uma rotina de exercícios faciais em dias alternados.

Fotografias das participantes do estudo foram comparadas em três intervalos: no início, semana 8 e semana 20.

Os dois dermatologistas que analisaram as imagens usaram escalas padronizadas de envelhecimento facial e classificaram a idade do rosto de cada participante em 19 pontos diferentes.

A idade média das participantes como determinado pelos dermatologistas no início do experimento foi 50,8 anos. Na semana 8, a média para todas as fotos caiu para 49,6 anos. 12 semanas depois, na semana 20, os médicos colocaram a idade média do grupo como sendo 48,1, quase três anos mais jovem do que no começo do estudo.

“Mesmo quando nós reduzimos os exercícios para dia sim dia não após 8 semanas, nós continuamos a ver melhora,” Alam disse à Healthline.

Uma alternativa às agulhas e facas

Alam e sua equipe criaram o regime de exercícios faciais para este estudo com Gary Sikorski de Happy Face Yoga.

Os participantes realizaram 32 exercícios distintos, cada um por cerca de 1 minuto.

O estudo analisou o efeito cumulativo de todos esses exercícios na aparência do rosto. Os exercícios não foram estudados individualmente, então, diz Alam, não está claro quais exercícios foram os mais benéficos.

“Nós não sabemos quais exercícios são mais importantes para melhorar a aparência facial e quais são menos importantes,” Alam disse. “Talvez uma vez que nós saibamos quais exercícios são mais úteis, poderemos recomendar menos exercícios, o que pode ser mais fácil de aprender e fazer.”

Se você quer apagar alguns anos do seu rosto, acesse seu próprio plano de exercícios faciais. Você pode consultar um guru de yoga facial como Sikorski, diz Alam, ou você poderia tentar criar sua própria estratégia.

Entretanto, Alam acrescenta, você pode não notar os resultados que os participantes do estudo tiveram se você fizer sozinho.

“Eu realmente acho que é difícil dominar exercícios por apenas ler os seus nomes e descrições, ou ver uma ou duas fotos,” Alam disse. “Se as pessoas quiserem aprendê-los, eles podem querer navegar na web por vídeos, ou mesmo comprar um vídeo. Existem também cursos de instrução ao vivo.”

Sendo realista

A Dra. Larisa Geskin, professora associada de dermatologia do Centro Médico da Universidade de Columbia, em Nova York, diz que precisa estabelecer expectativas realistas de resultados.

“Exercícios faciais recentemente viraram populares como uma técnica antienvelhecimento. Ao mesmo tempo em que acredito que os exercícios faciais não são prejudiciais, há provavelmente apenas um benefício limitado de antienvelhecimento e os indivíduos não devem esperar ver uma mudança drástica,” Geskin disse.

Geskin diz que benefícios reais de antienvelhecimento podem somente ser alcançados através de uma combinação de exercícios com opções mais tradicionais, tal como, “enchimentos e outras intervenções cosméticas não invasivas ou minimamente invasivas.”

“Combinar exercícios faciais com procedimentos cosméticos é provavelmente o melhor para obter o melhor resultado cosmético,” disse Geskin à Healthline.

Fonte: Health Line

Se precisar de consultas com especialistas, conte com a gente!