Gravidez: falta de ar é normal?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Gravidez: falta de ar é normal?

O que devo fazer?

Qual é a primeira coisa que você deve fazer? Parar de se preocupar. Falta de ar e retenção de água, ou edema, são comuns nas suas últimas semanas de gravidez. Esses sintomas até podem indicar uma condição que você deve se preocupar, mas é só raramente.

Por que sinto falta de ar?

No último trimestre de gravidez, o seu bebê em crescimento empurra o seu útero contra o seu diafragma (o músculo debaixo dos seus pulmões que contrai e relaxa no ciclo respiratório). O diafragma é movido 4 cm para cima em comparação com a sua posição pré-gravidez. Seus pulmões também estão um pouco comprimidos. Resumindo: você não consegue absorver tanto ar com cada respiração.

Isso não significa, entretanto, fica com menos oxigênio. Ao mesmo tempo em que a capacidade do seu pulmão diminui devido à restrição física do útero em crescimento, o centro respiratório no cérebro é estimulado pela progesterona (um hormônio liberado durante a gravidez). Isso faz com que você respire mais devagar. O ar fica mais tempo nos pulmões para que você e seu bebê tenham oxigênio de que precisam. 

 

Como controlar a falta de ar

Falta de ar pode ser desconfortável. Conheça as maneiras de respirar mais confortavelmente.

 

Pratique boa postura

Certifique-se que você se levanta da forma certa com os ombros para trás e sua cabeça erguida. Visualize uma linha reta que liga o seu esterno ao céu para levantar o peito.

Exercite-se

Exercícios aeróbicos melhoram a sua respiração e diminuem a sua pulsação. Tenha certeza de que qualquer programa que você começar é aprovado por um médico. Se você ainda não começou a praticar, agora é um bom momento para começar yoga pré-natal. Respiração é o principal para a prática da yoga. Além disso, o alongamento extra pode melhorar sua postura e dar mais espaço para respirar. Mas atenção: não exagere nos exercícios! Escute o que o seu corpo está lhe dizendo.

 

Relaxe

“Só relaxe!”, enquanto isso é fácil para alguém que não está experimentando falta de ar dizer, também é verdadeiro.  Quanto mais ansiosa você ficar devido à respiração superficial, mais superficial a sua respiração ficará.  O Google fornece um exercício de respiração que pode te ajudar. Também é importante descansar quando você precisa descansar.

Não exagere

Escute o que o seu corpo está te falando e descanse quando você precisar de uma parada. Agora não é a hora de esforçar-se demais.

A sensação de falta de ar fica melhor quando você se aproxima do parto. À medida que o bebê desce na pélvis, a pressão sobre o diafragma e os pulmões alivia um pouco.

Sinais de aviso

Contudo, você ainda deve ficar atenta aos sinais de aviso caso a sua falta de ar indique que algo está errado.

 

Asma

Sem dúvida você já sabe se teve asma antes de ficar grávida. A asma pode piorar durante a gravidez. Converse com um médico se a asma estiver piorando sua falta de ar nesse terceiro trimestre.

 

Anemia

Em alguns casos, anemia- ferro insuficiente no seu sangue- pode causar falta de ar. Outros sintomas de anemia incluem:

  • Fadiga
  • Dor de cabeça
  • Tonalidade azulada nos seus lábios e ponta dos dedos

Para diagnosticar a anemia, o médico pode checar os seus níveis de ferro e talvez prescreva suplementos.

Dor ou tosse persistente

Se sentir dor quando respirar profundamente, estiver com uma respiração acelerada ou sentir sua pulsação forte, entre em contato com o um médico imediatamente.

Estes podem ser sinais de que você passou um coágulo sanguíneo para o seu pulmão (também conhecido como embolia pulmonar). Entre em contato com o seu médico se você tiver uma tosse que dure por mais de alguns dias.  Procure um médico ou ligue para a emergência imediatamente se sentir dor no peito.

 

O que é edema?

Edema é uma condição em que o excesso de fluido se acumula nos tecidos do seu corpo. Você vai percebê-lo principalmente nos seus pés, tornozelos e, algumas vezes, nas mãos.  O fluido tende a juntar-se em partes do seu corpo que são mais afetadas pela gravidade.

Muitas mulheres têm edema durante a gravidez. Para a maioria dessas mulheres, o clima quente e ficar muito tempo em uma posição contribuem para o inchaço. O edema tem ponto mais baixo pela manhã e aumenta ao longo do dia.

Informe ao seu médico qualquer dor na perna imediatamente. Diga para o seu médico se você percebe inchaços repentinos ou inchaço no seu rosto ou mãos. Isso pode ser um sinal de pré-eclampsia.

Como eu posso lidar com edema?

Aqui estão algumas estratégias que podem te ajudar a combater o edema:

  • Sente-se com os pés apoiados quando possível.
  • Use meias de compressão. Meia-calça completa pode te fazer não se sentir bem quando você está grávida, mas também há meias de compressão até o joelho. Escolha o tamanho de antes da gravidez. Coloque-as pela manhã, antes do inchaço.
  • Evite comer muito sal, pois essa pode levar à retenção de fluidos.
  • Beba muita água para eliminar os resíduos, ajudando a reduzir a quantidade de água que você retém.

 

Panorama

O último trimestre de gravidez traz pressões para o seu corpo. Algumas delas diminuem nas últimas semanas à medida que seu bebê vai descendo e se preparando para o parto. Lembre-se que todas essas mudanças são temporárias e mantém o bebê e a mãe saudáveis.

Tenha hábitos saudáveis pré-natais, como uma dieta equilibrada, descanse bem e pratique exercício moderado. Lembre-se de avisar ao seu médico se tiver dores severas ou desconfortos.

Fonte: Health Line

Se precisar de consultas com ginecologista, conte com a gente!