Lente de contato brilhante inova nos tratamentos de visão para diabéticos

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Lente de contato brilhante inova nos tratamentos de visão para diabéticos

A cegueira

Pesquisadores estão trabalhando em uma lente de contato noturna “brilhante” para diminuir a evolução de um tipo comum de cegueira.

Se você estiver vivendo com diabetes, sabe que tem que fazer exame de olho anualmente para detectar se há problemas. Esses exames são feitos por conta dos altos níveis de glicose no sangue.

Para muitos, até mesmo um controle razoavelmente bom de diabetes não previne danos nos olhos. Nos casos mais avançados (ainda que bastante comuns), a cegueira é uma realidade devastadora.

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

Futuro brilhante

O futuro da tecnologia para diabéticos parece mais brilhante, assim como a solução encontrada. A lente é projetada para evitar mais danos aos vasos sanguíneos da retina.

As lentes seriam usadas apenas à noite e poderiam oferecer uma solução em longo prazo para um problema de longo prazo.  

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

Evitando tratamentos

As lentes de contato seriam uma alternativa menos invasiva e dolorosa em relação aos métodos atuais.

“Os tratamentos existentes, apesar de efetivos, são dolorosos e invasivos, já que envolvem lasers e injeções dentro dos olhos,” disseram os pesquisadores.

Por causa dos aspectos dolorosos desses tratamentos, os pacientes evitam procurar tratamento, não marcam exames anuais dos olhos. Alguns aguentam a progressão da doença até que seja tarde demais para intervir e salvar a sua visão.  

O diagnóstico

Stacey Divone, uma paciente com diabetes tipo 1, segue uma rígida rotina há mais de 20 anos, visitando cada vez mais seu oftalmologista.

“Eu comecei a vê-lo a cada seis meses porque ele tinha visto algumas s mudanças nos meus vasos sanguíneos dos olhos,” Divone disse à Healthline.

Exames mostraram inchaço perto da mácula (a parte de trás) do olho, o que significava que Divone precisava ver um especialista em retina rapidamente.  

Após mais análises, foi descoberto que os vasos sanguíneos de seu olho estavam vazando e era necessário um tratamento imediato.

Invasivo e doloroso

“Eu tomei uma injeção algumas semanas depois. Eles injetaram o medicamento diretamente no globo ocular,” disse Divone. “Eles colocam gotas anestésicas nos olhos… Só que no momento em que você vê a agulha e o líquido flui para o seu olho, é muito desagradável.”

Mesmo dias após o procedimento, Divone disse que a dor parecia com “navalhas”.

Tratamento  inovador

Criar um método mais gentil de tratar uma das maiores causas de cegueira nos EUA seria revolucionário para cerca de 30 milhões de diabéticos.

Como a retinopatia é o resultado de pouquíssimo oxigênio chegando à retina. O segredo do design da lente é o fornecimento da luz através do brilho das lentes.

“A visão consome cerca de duas vezes mais oxigênio no escuro do que na luz. Se reduzirmos isso, evitaríamos alguns danos” explicou o desenvolvedor da lente.

A fonte da luz nas lentes é similar a dos mostradores de relógio, podendo fornecer luz por aproximadamente 10 anos. As lentes teriam um ano de vida útil, semelhante a das lentes de contato de uso prolongado que estão atualmente no mercado.

Visão de esperança

“Eu me senti abençoada, pois os meus olhos permaneceram estáveis desde aquele único tratamento,” disse Divone.

Apesar de saber que seus exames oftalmológicos são fundamentais a longo prazo, Divone disse que sente muita ansiedade antes e durante os exames. “Eu tenho medo de precisar de outra injeção. A ideia de lentes de contato, por outro lado, faria muita diferença para mim e outros com diabetes,” ela disse.

Fonte: Healthline