O câncer pode afetar meu apetite sexual?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
O câncer pode afetar meu apetite sexual?

Como o tratamento de câncer pode afetar o desejo sexual?

Algumas mudanças na vida sexual podem estar relacionadas ao tratamento de câncer, como por exemplo o tratamento de câncer de próstata. Cada tratamento causa diferentes sintomas. Mudanças específicas relacionadas a certos tipos de tratamento estão melhor descritas nas próximas sessões.

Tanto os homens como as mulheres perdem interesse em atividades sexuais enquanto estão fazendo o tratamento de câncer, pelo menos por um tempo. Num primeiro momento, tratar o câncer é a principal preocupação, então sexo pode não ser uma prioridade. E isso não tem problema. Poucas pessoas ficam interessadas em sexo quando as suas vidas estão em perigo. Quando as pessoas estão fazendo tratamento, coisas como preocupação, depressão, náusea, dor ou fadiga podem causar uma perda de desejo. Tratamentos de câncer que interrompem o equilíbrio hormonal normal também podem diminuir o desejo sexual.

Um parceiro ou os dois podem perder interesse no sexo nesse ponto. Muitas pessoas que têm câncer preocupam-se com os seus parceiros, que podem perder o desejo por causa das mudanças corporais ou apenas pela palavra “câncer”.

Mantenha em mente que cada parte do ciclo da resposta sexual do homem é um pouco independente de outras partes do ciclo de resposta. Por isso que, após alguns tipos de tratamento de câncer, o homem pode ainda ter desejo sexual e ser capaz de ejacular, mas não de ter uma ereção. Outros homens podem ter a sensação do orgasmo junto com os músculos contraindo-se no ritmo.

Problemas físicos podem afetar o desejo e a resposta

Ejaculação precoce

A ejaculação precoce significa alcançar o clímax muito rapidamente. Os homens que estiverem tendo problemas de ereção frequentemente perdem a habilidade de atrasar o orgasmo, então eles ejaculam rapidamente.

A ejaculação precoce é um problema muito comum, até para homens saudáveis. Pode ser superado com treinamentos para diminuir a excitação.

Alguns remédios antidepressivos têm o efeito colateral de atrasar o orgasmo. Isso pode ser usado para ajudar os homens com ejaculação precoce. Alguns homens também podem usar cremes que diminuem a sensação no pênis. Converse com o seu médico sobre qual tipo de ajuda é a melhor para você.

 

Dor

Os homens, algumas vezes, sentem dor nas genitais durante o sexo. Se a glândula prostática ou uretra estiver irritada devido ao tratamento de câncer, a ejaculação pode ser dolorosa. O tecido cicatricial que se forma no abdômen (barriga) e pelve após a cirurgia (como no caso de câncer do cólon) também pode causar dor durante o orgasmo. Sentir dor no pênis quando ele fica ereto é menos comum. Informe ao seu médico imediatamente se tiver alguma dor na sua área genital.

 

Terapia hormonal pode afetar o desejo

Mudar o equilíbrio hormonal do homem também pode afetar o desejo. Por exemplo, o tratamento para câncer de próstata que se espalhou para além da glândula frequentemente inclui terapia hormonal para diminuir os níveis de testosterona. As principais maneiras de fazer isso são:

  • Usar remédios para impedir que a testosterona seja feita
  • Remover os testículos de um homem (chamado orquiectomia)

O objetivo da terapia hormonal é privar as células de câncer de próstata da testosterona. Isso diminui o crescimento do câncer. Esses tratamentos têm muitos dos mesmos efeitos colaterais sexuais, porque eles afetam os níveis de testosterona.

O problema sexual mais comum proveniente do tratamento hormonal é uma diminuição do desejo por sexo (libido). A terapia hormonal também pode causar outras mudanças, tais como perda de massa muscular, ganho de peso, ou crescimento do tecido mamário. Certifique-se de entender os possíveis efeitos colaterais e o que você pode fazer para ajudar a administrá-los. Por exemplo, um programa de exercícios pode ajudá-lo a limitar a perda de músculos, ganho de peso e cansaço. Converse com o seu médico sobre qualquer programa de exercício que você tenha em mente, ou peça a indicação de um fisioterapeuta, que pode ajudá-lo a decidir onde começar e o que fazer.

 

Efeitos psicológicos da terapia hormonal

Homens que estão tomando remédios de terapia hormonal para diminuir a testosterona frequentemente se sentem “menos homens”. Eles têm medo de começarem a aparentar  e agirem como as mulheres. Isso é um mito. A masculinidade não depende apenas de hormônios, mas de uma vida sendo homem. A terapia hormonal para câncer de próstata pode diminuir o desejo sexual de um homem, mas não pode mudar o alvo dos seus desejos sexuais. Por exemplo, um homem que durante toda a sua vida só se sentiu atraído por mulheres, não sentirá atração por homens por causa desse tipo de tratamento hormonal.

A terapia hormonal nos homens foi ligada à depressão. Converse com o seu médico sobre isso porque pode ser tratado com remédios antidepressivos e/ou aconselhamento. Também há uma preocupação crescente acerca da terapia hormonal para câncer de próstata levar a problemas de concentração, pensamento e/ou memória. Isso ainda não foi bem estudado, mas a terapia hormonal parece levar a problemas de memória em alguns homens. Esses problemas são raramente graves, e na maior parte dos casos afeta apenas alguns tipos de memória. Mais estudos estão sendo feitos para averiguar essa conexão.

 

Fonte:  cancer.org