PCA3: Você já conhece esse exame?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
PCA3: Você já conhece esse exame?

O que é o câncer de próstata?

Câncer de próstata é um crescimento anormal das células na próstata. Embora alguns cânceres de próstata cresçam de forma devagar e não sejam agressivos, outros são e podem espalhar-se rapidamente.

Esse é um dos tipos mais comuns de câncer entre os homens, com aproximadamente 1,1 milhão de casos novos diagnosticados ao redor do mundo, em 2012.

Testes de triagem e diagnóstico ajudaram a fazer com que a detecção precoce e o tratamento bem sucedido fossem mais prováveis. Entretanto, atuais formas de triagem frequentemente resultam em falso-positivos e podem levar a testes posteriores e ansiedade.

Pesquisadores estão, atualmente, procurando por marcadores de triagem para ajudar a detectar o câncer de próstata de forma mais confiável. O teste PCA3 é um desses.

 

Buscar Médicos – Consultas e Exames com Preços Acessíveis

Como o câncer é diagnosticado atualmente?

Não há testes de diagnóstico padrão ou triagem para câncer de próstata. Os testes de triagem mais comuns são o exame retal digital (DRE) e o exame de sangue do antígeno prostático específico (PSA).

Durante um DRE, o médico introduz um dedo enluvado e lubrificado no reto para sentir a glândula prostática. O médico irá verificar se há protuberâncias, crescimentos ou tumores, ou qualquer outra coisa que possa parecer incomum.

Um teste de sangue PSA é menos invasivo que um DRE. Um simples tubo de sangue é retirado e analisado para o marcador de antígeno prostático específico.

Ambas as células cancerosas e não cancerosas na próstata produzem essa proteína, que então entra na corrente sanguínea.  Altos níveis de PSA no sangue podem significar que o câncer está crescendo na próstata.

Quais são os problemas do exame PSA?

Um homem com um alto PSA provavelmente precisará fazer uma biópsia da glândula prostática para procurar o câncer.

No entanto, o uso do teste de rotina de PSA é controverso por várias razões. Primeiro, há muitas outras razões- além do câncer de próstata- para que o nível de PSA possa estar alto:

  • Próstata alargada
  • Inflamação ou infecção da próstata
  • Prostatite
  • Infecção do trato urinário (ITU)
  • Cirurgia anterior da próstata

Um homem que tem níveis altos de PSA pode ser sujeitado a testes de diagnóstico invasivos e desnecessários posteriormente, como também, ansiedade. Biópsias repetidas da próstata são desconfortáveis e podem causar complicações.

De acordo com United States Preventive Services Task Force, o teste de rotina de PSA pode levar ao overdiagnosis (exames médicos que não têm importância clínica, levando, assim, à realização de outros exames e tratamentos desnecessários que podem comprometer a saúde física e psicológica do paciente) de câncer de próstata 17 a 50% das vezes.

Especialistas também discordam do que é considerado nível normal de PSA. Um estudo de 2004 publicado no The New England Journal of Medicine descobriu que alguns tipos de câncer de alto grau foram diagnosticados em homens com os níveis de PSA normais.

Por fim, estudos que procuram calcular o alcance típico de PSA foram realizados principalmente usando homens caucasianos. Apesar das opiniões de especialistas variarem, não existe um consenso claro sobre o limite adequado de PSA para recomendar uma biópsia de próstata a homens de qualquer grupo racial ou étnico.”

Existe outra maneira de detectar o câncer?

As controvérsias ao redor do teste PSA levaram os pesquisadores a procurar outras maneiras para detectar o câncer de próstata. O teste de antígeno de câncer de próstata 3 (PCA3) é uma dessas maneiras.

PCA3 é um gene que existe em todas as células da glândula prostática. Isso faz com que essas células produzam pequenas quantidades de certas proteínas.

Células da próstata que são cancerosas produzem mais dessa proteína do que as células não cancerosas. Quando isso acontece, as proteínas extras irão eventualmente vazar na urina.

Encontrar essa proteína na urina pode sinalizar que um homem tem câncer de próstata.

Estudos iniciais mostraram que essas proteínas estavam presentes em 95% das células cancerosas de próstata que foram estudadas. Entretanto, essas proteínas não estavam frequentemente presentes em homens com problemas de próstata não cancerosos.

Enquanto essa pesquisa é promissora, houve resultados mistos sobre a precisão deste teste no diagnóstico de câncer de próstata. Nem todo mundo é candidato para esse teste, mas pode ajudar quando se têm resultados mistos dos testes tradicionais de triagem da próstata, tais como:

  • Alto nível de PSA, mas biópsia negativa
  • Ter câncer apesar dos níveis baixos de PSA
  • Alto nível de PSA e também ter prostatite

O lado bom desse teste é que os níveis de PCA3 não são afetados por outras condições que podem aumentar o nível de PSA, como, prostatite, próstata alargada ou ITU.

Buscar Médicos – Consultas e Exames com Preços Acessíveis

O que saber antes de fazer um teste PCA3?

Homens não têm que fazer nenhuma preparação especial antes do teste PCA3. Compreender o que isso implica, no entanto, ajudará a prepará-los para o que acontecerá durante o teste.

Na maior parte das vezes, o plano não irá cobrir um teste PCA3, o que significa que o usuário que terá que pagar por ele.

O que esperar durante um teste PCA3?

Um teste tem duas partes:

Exame retal digital

Durante o DRE, o profissional habilitado irá inserir um dedo enluvado e lubrificado no reto para sentir a próstata.

Além de sentir diretamente protuberâncias ou anormalidades, massagear a próstata ajuda mais proteínas PCA3 a entrarem na urina.

Teste de urina

Depois de DRE, o homem será solicitado a produzir uma pequena amostra de urina que será enviada ao laboratório para análise.

A urina precisa ser coletada imediatamente após o DRE. Os resultados devem estar disponíveis dentro de alguns dias.

O que esperar após o teste?

Uma vez que os resultados do teste PCA3 estiverem disponíveis, o médico irá, então, rever todos os resultados do teste para decidir quais devem ser os próximos passos. O médico pode recomendar um método “observe e espere”, com testes repetidos todo ano ou a cada poucos meses para ver se os resultados mudaram.

O médico pode também recomendar testes posteriores para descobrir se as células de câncer estão presentes.

Testes adicionais podem incluir a remoção de algumas células para biópsia, um ultra-som transretal da célula da próstata ou ressonância magnética (MRI) para observar os crescimentos da glândula prostática.

Conclusão

O teste PCA3 pode ser uma boa opção para algumas pessoas, especialmente para homens com resultados incertos do DRE e PSA. Os homens devem conversar com os seus médicos sobre esse teste para saber se ele é apropriado ou não para eles.

Com diagnóstico e tratamento precoce, a taxa de sobrevivência do câncer de próstata é muito boa. É importante para todos os homens conversaram com os seus médicos sobre as suas opções para a triagem do câncer de próstata.

Fonte: Medical News Today 

Se precisar de consultas com urologista, conte com a gente!