Por Que Assistir as Partidas do Seu Time Faz Você Feliz?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Por Que Assistir as Partidas do Seu Time Faz Você Feliz?

Fã de esporte, aqui está o motivo do seu Time fazer você feliz

Você é um fã incondicional.
Você não consegue evitar. O seu avô era. O seu pai era. E você sempre foi.
Você apoia o seu time na vitória ou derrota, não importa o que aconteça.

Não tem plano de saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

 

Não importa se o dia de trabalho foi cansativo ou se o jogo for começar tarde, as pessoas ainda vão à partida de futebol e pensam ‘eu devo estar louco’.

Talvez você tenha imaginado a mesma coisa sobre você ou outro torcedor. Então fica a pergunta, por que somos tão apaixonados pelos nossos times?

No fim das contas há mais do que ganhar ou perder, e o futebol é muito mais que um jogo.

 

Impulsiona a auto-estima

Se não formos capazes de aproveitar nossas próprias conquistas, às vezes, esperamos pegar carona no sucesso de outras.

O melhor exemplo disso é quando os pais se gabam das conquistas dos seus filhos. Mas nós também fazemos isso com pessoas que não somos próximos. Políticos, atores, atletas que podem ser de nossas cidades natais ou universidades.  A conexão nos faz parecer bem, nos fortalece.

Não tem plano de saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!


Por exemplo, quando as pessoas falam dos times que elas torcem, elas, frequentemente, fazem isso de uma maneira associativa.

Elas podem usar o pronome ‘nós’ quando o time estiver indo bem, mesmo se elas não fizerem parte do time. Porém, se houver uma conotação negativa, elas não querem ser associadas. O ‘nós’ vai embora bem rápido.

Entretanto, algumas pessoas permanecem apoiando seus times durante os tempos ruins. O que torna a lealdade uma das principais características de um torcedor apaixonado.

Muitos deles se orgulham de permanecer com o time por meio de coisas ruins e boas.  Como se fosse um distintivo de honra.  Sabe aquele torcedor que não gostam daqueles que só estão nos ‘tempos bons’? Então, é exatamente isso. Ele acredita estes não possuem o direito de comemorar a vitória do time quando a fase estiver boa.

 

Uma linguagem compartilhada

Enquanto o mundo muda constantemente, a essência do esporte permanece consistente.

A maioria das pessoas tem uma memória de infância relacionado ao Futebol. Sabe aquela história de  “Enquanto eu crescia, meu avô assistia o time de futebol, meu pai assistia o time de futebol e eu assistia o time de futebol”? 

Pouquíssimos avôs querem conversar com os seus netos sobre o último jogo de PS3 e pouquíssimos netos querem conversar com os seus avôs sobre as minas de carvão. O futebol prove uma experiência compartilhada que permite a troca idéias, conexão e conversa em uma linguagem familiar.

O mesmo acontece com as pessoas que possuem diferentes condições financeiras.

Você pode ser um advogado, um lixeiro e uma pessoa desempregada com origens muito diferentes sentados juntos e não importa quanto dinheiro eles tenham ou o código postal em que vivam. A conexão ocorre pelo fato de estarem ali torcendo pelo mesmo time. 

 

É entender que, o clube de fato é  uma parte importante para muitas pessoas. É possível sentir um companheirismo, proximidade e vínculo com outras pessoas que compartilham o mesmo tipo de lealdade, como ocorre com pessoas da mesma religião por exemplo. A história e as tradições de um time fazem com que as pessoas se sintam conectadas umas com as outras.

 

As emoções podem voar

Os esportes permitem um espaço seguro para expressar emoções.

Há muita emoção envolvida nos esportes, mas para muitas pessoas que são torcedoras, elas não sabem explicar o porquê  dos esportes fazerem com que elas sintam algo que outras coisas realmente não fazem.   Alguma delas até relaciona isso com a noção de que o esporte permite uma fuga da vida cotidiana e um caminho que libera agressões.

Em entrevistas, alguns policiais e advogados disseram que lidam com pessoas que estiveram péssimas durante toda a semana, então quando vão para o estádio, elas berram e gritam.  Eles disseram coisas como “Os torcedores do outro lado não podem entrar em contato com você e você não pode alcançá-los, então não há problema em xingá-los e dizer que o time deles é péssimo”. “Essas pessoas não se comportariam dessa maneira fora do estádio, mas é um comportamento quase socialmente sancionado neste local.”

 

Uma adrenalina física

Além dos efeitos psicológicos de ser fã de um esporte, pesquisas mostraram que também há efeitos fisiológicos.

Por exemplo, um estudo relatou que se comemorar uma vitória do seu time causa uma mudança na produção dos hormônios endócrinos.  Os níveis de testosterona aumentam nos torcedores de times que estejam ganhando e diminuem nos fãs de times que estejam perdendo.

Outros estudos apontam os impactos que assistir jogos tem na pressão arterial.

Muitas vezes os componentes fisiológicos relacionados aos fãs de esportes são comentados de maneira negativa. Você costuma ouvir sobre o estresse e os atos de violência, mas também há muitos efeitos positivos.  Há muito a considerar quando se olha para a relação de um torcedor com seu time. É muito mais profunda do que parece na superfície.

Fonte: Healthline

Não tem plano de saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!