Por que você fala enquanto dorme?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Por que você fala enquanto dorme?

Você tem medo de falar algo que te comprometa quando está dormindo? Isso pode realmente ser explicado: de acordo com um recente estudo, as suas murmurações, durante o sono, podem ser mais negativas e insultantes do que o que você diz enquanto está acordado.

No estudo, os pesquisadores descobriram que os “conversadores durante o sono” disseram a palavra ‘não’ quatro vezes mais enquanto dormiam do que quando estão acordados. E o palavrão F****-** durante o sono foi falado 800 vezes mais do que quando se está acordado.

 

Buscar Médicos – Consultas e Exames com Preços Acessíveis

O Estudo

Para estudar a fala durante o sono, os pesquisadores gravaram quase 900 declarações noturnas de cerca de 230 adultos ao longo de uma ou duas noites consecutivas em um laboratório de sono. Tendo em vista que falar enquanto dorme é um evento relativamente raro, a maioria dessas pessoas tinham distúrbios do sono ou parasomnias (comportamentos incomuns que ocorrem durante o sono).

Os episódios noturnos foram analisados levando em conta fatores como falar muito, silêncio, tom, gentileza e linguagem abusiva. Esses resultados foram comparados com o maior banco francês de linguagem falada para ver a diferença na forma e conteúdo.

Cerca de 59% dos enunciados noturnos eram não verbais e não compreendidos, como sussurros e risos. Do que foi compreendido, uma quantidade surpreendente era ofensivo ou agressivo: 24% dos enunciados continham conteúdo negativo, 22% continha linguagem desagradável e quase 10% continham a palavra “não” de alguma forma. O palavrão F***-** teve uma grande frequência e foi uma das palavras mais faladas: apareceu em 2,5% do tempo, comparado a 0,003% das palavras ditas enquanto a pessoa está acordada.

A causa

Por que tão negativo? As descobertas podem refletir no que é chamado de “Teoria da simulação de ameaças”, que é uma explicação para a função dos sonhos. A teoria afirma que os sonhos são simulações que ajudam a “treinar” as pessoas para ameaças que possam acontecer enquanto estão acordadas, fornecendo um propósito evolutivo para o sonho.

Apesar do conteúdo falado durante o sono ter sido mais ofensivo e desagradável, o discurso era semelhante ao usado quando acordado. A fala durante o sono tendeu a permanecer gramaticalmente correta e seguiu padrões de fala diária em relação a pausas e ao número de palavras usadas.

 

Buscar Médicos – Consultas e Exames com Preços Acessíveis

Os estudos estão só começando

O Dr. Carl Bazil, diretor da Divisão de sono e epilepsia da Universidade de Columbia, que não estava envolvido no estudo, disse que os resultados mostram que a fala durante o sono é muito mais complexa do que o esperado e apóia a ideia de que haja maior função cerebral no decorrer de todos os estágios do sono.

Efetivamente, o fato de que as frases faladas durante o sono terem sido gramaticalmente corretas sugere que o sistema neural está funcionando do mesmo modo quando as pessoas estão acordadas. Ao mesmo tempo, a grande quantidade de murmurações mostra que o cérebro ainda está bloqueando movimentos musculares.

Fonte: Live Science

Se precisar de consultas com neurologistas, conte com a gente!