Posso fazer exercício com bronquite?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Posso fazer exercício com bronquite?

Bronquite aguda

Se você tiver bronquite aguda (temporária), descansar pode ser a melhor coisa para você. Esse tipo de bronquite é uma infecção que pode dificultar a respiração. Outros sintomas incluem:

  • Tosse seca
  • Chiado no peito
  • Cansaço
  • Falta de ar

Para a maior parte das pessoas, a bronquite aguda não é séria. Geralmente dura de 3 a 10 dias e pode ser curada sem o uso de antibióticos.  Porém, a tosse seca pode demorar mais por causa da inflamação. Se a tosse for muito frequente, porém, pode ser causada por outro motivo.

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

Riscos

Para as pessoas com o sistema imunológico comprometido, crianças pequenas e idosos, ela pode causar doenças como pneumonia ou insuficiência respiratória. Esse tipo também pode ser sério se você não estiver imunizado contra pneumonia, coqueluche e gripe.

Caso a bronquite aguda ocorra muitas vezes, ela pode virar uma bronquite crônica.

Não tem Plano de Saúde? Conheça agora o Cartão Doutor Já!

Bronquite crônica

A bronquite crônica tem os mesmos sintomas da bronquite aguda, mas pode durar muito mais. Recorrências da bronquite crônica podem durar 2 anos ou mais.  

O que pode causar a bronquite crônica:

  • Cigarros
  • Toxinas ambientais
  • poluição do ar

 

Quando eu posso fazer exercício?

Se você tiver bronquite aguda ou crônica, você pode obter benefícios ao se exercitar, mas determinar quando descansar é importante.   

Se você tiver bronquite aguda, o seu corpo precisará descansar para a recuperação. Você deve suspender os exercícios enquanto estiver com os sintomas, normalmente, de 3 a 10 dias.

 

Pega leve

Você pode se exercitar com a tosse, mas atividades aeróbicas como corrida e danças podem ser difíceis. Uma vez que os seus sintomas começarem a melhorar, você pode voltar a fazer exercícios normalmente.

Comece com devagar, com por exemplo natação ou caminhadas. Você pode se preparar para exercícios mais longos e intensos por várias semanas.

 

Dificuldades

Se você tiver bronquite crônica, os exercícios podem ser desafiadores e às vezes pode agravar os sintomas da bronquite. Pare de se exercitar e descanse se sentir:

  • Falta de ar
  • Tontura
  • Dor no peito
  • Chiado

Se você tiver alergias, pode ser necessário evitar dias com alto índice de pólen. Você pode escolher se exercitar em ambientes fechados quando as condições externas não forem ideais. Se os seus sintomas continuarem, converse com um médico. Muito calor, temperaturas muito frias ou alta umidade podem dificultar a respiração e piorar uma tosse prolongada.

Se você não estiver afim de praticar exercícios, você também pode encontrar outros hobbies que melhoram a sua saúde.

 

Dicas para se exercitar de forma segura

Se você teve bronquite, é importante começar devagar quando retornar ou começar um programa de exercícios. Quando se exercitar, lembre-se de:

  • Começar devagar e faça pausas quando necessário
  • Monitorar seus sintomas
  • Trabalhar com seu médico
  • Técnicas respiratórias como respiração com os lábios franzidos (ou frenolabial) fazem você absorver mais oxigênio. Para praticar essa técnica, inspire pelo nariz com a boca fechada. Então, expire pelos lábios franzidos.
  • Trabalhe com metas realistas. Mesmo depois dos sintomas, seu corpo ainda precisará se recuperar.

 

Vantagens de se exercitar

Exercícios são bons para a sua saúde cardiovascular e também para os seus pulmões. Se você tiver bronquite, talvez precise dar uma pausa nos exercícios. Eles podem ajudar você a se sentir melhor, tanto física como mentalmente.  Os muitos benefícios dos exercícios incluem:

  • Mais de energia
  • Ossos mais fortes
  • Melhor circulação sanguínea
  • Pressão arterial mais baixa
  • Gordura corporal reduzida
  • Menos estresse

 

Na bronquite aguda

Após uma crise de bronquite aguda, os exercícios podem ajudar na recuperação geral e de força.

 

Na bronquite crônica

Se você tiver bronquite crônica, os exercícios podem ajudar na:

  • Melhora dos sintomas crônicos como chiado, falta de ar e cansaço
  • Fortalecer o diafragma e dos músculos que auxiliam na respiração
  • Respiração mais fácil com o tempo

 

Fonte: Healthline