Tudo que você precisa saber sobre a queda de cabelo 

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Tudo que você precisa saber sobre a queda de cabelo 

O que é a queda de cabelo?

A queda de cabelo pode acontecer apenas no couro cabeludo ou no seu corpo inteiro. Apesar da calvície ser mais predominante em idosos e adultos mais velhos, a queda de cabelo pode ocorrer nas crianças também. 

É normal perder entre 50 a 100 fios de cabelo por dia. Com cerca de 100.000 fios de cabelo na sua cabeça, essa pequena perda de cabelo não é notável. 

Novos fios de cabelo normalmente substituem os fios perdidos, mas isso nem sempre acontece. A perda de cabelo pode se desenvolver gradualmente ao longo dos anos ou acontecer repentinamente. A perda de cabelo pode ser permanente ou temporária.

É impossível contar a quantidade de fios de cabelo que caem em um dia específico. Você pode estar perdendo mais cabelo que o normal se você notar uma grande quantidade de cabelo no dreno depois de lavar o cabelo ou fios de cabelo na sua escova. Você também pode notar mechas de cabelo mais finas ou calvície.

Se você notar que está perdendo mais cabelo que o normal, você deve conversar com o seu médico sobre esse problema. Ele pode determinar a causa subjacente da sua perda de cabelo e sugerir planos de tratamento adequados. 

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!

O que causa a queda de cabelo?

Primeiro, o seu médico ou dermatologista tentará determinar a causa subjacente da sua perda de cabelo. A causa mais comum de queda de cabelo é a calvície hereditária masculina ou feminina.

Se você tem um histórico familiar de calvície, você pode ter esse tipo de queda de cabelo. Certos hormônios sexuais podem desencadear a perda de cabelo hereditária. Pode começar já na puberdade. 

Em alguns casos, a perda de cabelo pode ocorrer com uma simples interrupção no ciclo de crescimento do cabelo. Uma doença grave, cirurgias, ou eventos traumáticos podem desencadear a perda de cabelo. Contudo, o seu cabelo, geralmente, começará a crescer sem tratamento. 

As mudanças hormonais que podem causar a perda de cabelo temporária incluem:

  • Gravidez
  • Dar à luz
  • Descontinuar o uso de anticoncepcionais 
  • Menopausa

Condições médicas que podem causar perda de cabelo incluem:

  • Doença da tireoide
  • Alopecia areata (uma doença auto-imune que ataca os folículos pilosos)
  • Infecções do couro cabeludo como micose

As doenças que causam cicatrizes, como o líquen plano e alguns tipos de lúpus, podem resultar em perda permanente de cabelo devido à cicatrização. 

A perda de cabelo também pode ocorrer por causa de medicações usadas para tratar: 

  • Câncer
  • Pressão alta
  • Artrite
  • Depressão
  • Problemas cardíacos 

Um choque físico ou emocional pode desencadear perda de cabelo perceptível. Exemplos desse tipo de choque incluem:

  • A morte de um parente
  • Perda de peso extrema
  • Febre alta 

As pessoas com tricotilomania (transtorno de puxar o cabelo) têm a necessidade de arrancar fios de cabelo, geralmente da cabeça, sobrancelhas ou cílios.

A perda de cabelo por tração pode ocorrer devido a penteados que colocam pressão sobre os folículos, puxando o cabelo para trás com muita força.

Uma dieta que tem pouca proteína, ferro e outros nutrientes também pode levar à queda de cabelo. 

Como a queda de cabelo é diagnosticada?

A queda de cabelo persistente frequentemente indica um problema de saúde subjacente. 

O seu médico ou dermatologista pode determinar a causa da sua perda de cabelo baseado em um exame físico e o seu histórico de saúde. Em alguns casos, simples mudanças na dieta podem ajudar. O seu médico também pode mudar os seus medicamentos prescritos.

Se o seu dermatologista suspeitar de uma doença autoimune ou uma doença de pele, ele poderá fazer uma biópsia da pele do seu couro cabeludo. 

A biópsia consiste em remover cuidadosamente uma pequena parte de pele para ser examinada no laboratório. É importante manter em mente que o crescimento do cabelo é um processo complexo. Pode demorar um pouco para determinar a causa exata da perda de cabelo. 

Quais são as opções de tratamento para a perda de cabelo?

Medicação

Provavelmente, os remédios serão o primeiro tipo de tratamento para a queda de cabelo. Os medicamentos de venda livre (sem prescrição médica) geralmente consistem em cremes e géis tópicos que são aplicados diretamente no couro cabeludo. 

Medicamentos prescritos também podem tratar a perda de cabelo. Os médicos podem prescrever o remédio oral finasterida (Propecia). Você toma esta medicação diariamente para retardar a perda de cabelo. Alguns homens observam um novo crescimento capilar quando tomam finasterida. 

Os efeitos colaterais raros da finasterida incluem uma diminuição do desejo sexual e funções sexuais comprometidas. Pode haver uma ligação entre o uso de finasterida e um tipo mais grave (grau alto) de câncer de próstata.

O seu médico também poderá prescrever corticosteróides como a prednisona. As pessoas com alopecia areata podem usar esses remédios para reduzir a inflamação e suprimir o sistema imunológico. Os corticosteróides imitam os hormônios produzidos pelas suas glândulas adrenais. 

Uma grande quantidade de corticosteroide no corpo reduz a inflamação e suprime o sistema imunológico. 

Você deve monitorar os efeitos colaterais dessas medicações cuidadosamente. Possíveis efeitos colaterais incluem:

  • Glaucoma, uma coleção de doenças oculares que podem resultar em danos ao nervo óptico e perda de visão
  • Retenção de líquidos e inchaço nas pernas
  • Pressão arterial alta
  • Catarata
  • Açúcar alto no sangue

Não há nenhuma evidência de que o uso de corticosteróide também pode colocá-lo em um maior risco das seguintes condições:

  • Infecções
  • Perda de cálcio dos ossos, o que pode levar à osteoporose
  • Pele fina, que pode ser facilmente machucada 
  • Dor de garganta
  • Rouquidão

Procedimentos médicos 

Algumas vezes, os remédios não são o suficiente para parar a queda de cabelo. Há procedimentos cirúrgicos para tratar a calvície. 

-Cirurgia de transplante de cabelo 

A cirurgia de transplante de cabelo envolve mover pequenas partes de pele, cada uma com alguns fios de cabelo, para baldear partes do couro cabeludo.

Isso funciona bem para pessoas com calvície herdada, uma vez que normalmente perdem cabelo no topo da cabeça. Já que este tipo de perda de cabelo é progressivo, você precisaria de várias cirurgias ao longo do tempo.

-Redução do couro cabeludo 

Na redução do couro cabeludo, um cirurgião remove uma parte do seu couro cabeludo que não tem cabelo. Outra opção é uma aba, na qual o cirurgião dobra o couro cabeludo que tem cabelo sobre um calvície. Este é um tipo de redução do couro cabeludo.

A expansão de tecidos também pode cobrir partes calvas. Requer duas cirurgias. Na primeiro cirurgia, o cirurgião coloca um expansor de tecido sob uma parte do couro cabeludo que tem cabelo e fica ao lado da careca. Depois de várias semanas, o expansor estende a parte do couro cabeludo que tem cabelo.

Na segunda cirurgia, o seu cirurgião remove o expansor e puxa a área expandida do couro cabeludo com cabelo sobre a careca. 

Essas opções cirúrgicas para a calvície tendem a ser caras e carregam riscos. Esses riscos incluem:

  • Crescimento de cabelo irregular
  • Sangramento
  • Cicatrizes largas
  • Infecção

O seu enxerto também pode não funcionar, o que significa que você precisaria repetir a cirurgia. 

Como eu posso evitar a perda de cabelo?

Há coisas que você pode fazer para evitar uma maior perda de cabelo. Não use penteados apertados como tranças, rabos de cavalo ou pães que coloquem muita pressão no cabelo. Com o tempo, esses penteados danificam permanentemente os folículos pilosos. 

Tente não puxar, torcer ou esfregar o cabelo. Certifique-se de que você está seguindo uma dieta balanceada que inclui quantidades adequadas de ferro e proteína. 

Certos regimes podem piorar ou causar perda de cabelo. 

Se atualmente você está perdendo cabelo, use um xampu suave de bebê para lavar o cabelo. A menos que você tenha cabelos muito oleosos, considere lavar o cabelo apenas a cada dois dias. Sempre seque o cabelo e evite esfregar o cabelo.  

Produtos e equipamentos de penteados também são culpados comuns na queda de cabelo. Exemplos de produtos ou ferramentas que podem afetar a perda de cabelo incluem:

  • Secadores de cabelo
  • Pentes aquecidos
  • Alisadores de cabelo
  • Produtos para coloração
  • Agentes de branqueamento
  • Permanentes
  • Relaxantes

Se você decidir pentear o cabelo com equipamentos aquecidos, faça isso apenas quando o cabelo estiver seco. Além disso, use as temperaturas mais baixas possíveis.

Qual é o panorama em longo prazo?

Você pode parar ou até mesmo reverter a perda de cabelo com um tratamento agressivo, especialmente se é causada por uma condição médica subjacente. A perda de cabelo hereditária pode ser mais difícil de tratar. Contudo, certos procedimentos como os transplantes de cabelo podem ajudar a reduzir o aparecimento da calvície.

Converse com o seu médico para explorar todas as suas opções para diminuir os efeitos da perda de cabelo. 

Fonte: Health Line

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!