Você sabe como tratar o terçol na pálpebra externa?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Você sabe como tratar o terçol na pálpebra externa?

O que é um terçol na pálpebra externa?

Um terçol na pálpebra externa é um inchaço vermelho e doloroso na superfície da pálpebra. O inchaço pode parecer uma espinha e ser sensível ao toque. Um terçol externo pode aparecer em qualquer lugar da pálpebra. Contudo, é mais propenso a se formar perto da beirada do olho, onde os cílios encontram as pálpebras. Essa condição é mais comum nas crianças.

Um terçol na pálpebra externa é frequentemente causado por uma infecção devido ao entupimento de uma glândula sebácea. As pálpebras possuem muitas glândulas sebáceas que mantêm um nível estável de umidade nos olhos e isso elimina partículas externas nos olhos ao produzir as lágrimas. Às vezes, essas glândulas podem ficar entupidas com óleo, células epiteliais mortas e bactérias. Quando isso acontece, as substâncias e os germes começam a se acumular na glândula, causando uma infecção. O resultado é um pequeno inchaço vermelho na pálpebra. Esse inchaço pode ser doloroso. 

Um terçol na pálpebra externa pode durar vários dias antes de estourar e, então, sarar. Alguns terçóis podem melhorar por conta própria, enquanto outros podem precisar de um tratamento médico. 

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!

Quais são os sintomas?

Os sintomas causados pelo terçol podem variar de pessoa para pessoa. De forma geral, contudo, os terçóis são mais frequentemente identificados pela presença de um “caroço” vermelho na pálpebra. Outros sintomas comumente associados ao inchaço incluem:

  • Sensação de algo arenoso no olho
  • Dor ou sensibilidade nos olhos
  • Lacrimejamento ou vazamento
  • Pálpebra inchada
  • Sensibilidade à luz
  • Vermelhidão e dor na borda da pálpebra

Apesar desses sintomas estarem associados a terçóis externos, eles também podem indicar outras infecções oculares. É importante entrar em contato com o seu médico o mais rápido possível para receber um diagnóstico adequado. 

O que causa um terçol?

Um terçol na pálpebra externa pode se formar quando uma glândula sebácea fica inflamada. A infecção é mais frequentemente causada pela bactéria Staphylococcus. Essas bactérias  geralmente vivem perto da superfície da pálpebra sem causar nenhum dano. Contudo, quando a glândula fica entupida com células epiteliais mortas ou óleo, essas bactérias podem ficar presas na glândula e causar uma infecção.

A infecção pode ocorrer nas seguintes áreas:

  • Folículo ciliar: Este é um pequeno buraco na pele em que um único cílio cresce fora.
  • Glândula sebácea: esta glândula é anexada ao folículo ciliar e produz uma substância oleosa chamada sebo, que lubrifica os cílios para evitar que sequem.
  • Glândula apócrina: esta glândula sudorípara é anexada ao folículo ciliar e ajuda a evitar que o olho fique muito seco.

As pessoas são mais propensas a desenvolver um terçol se têm uma condição inflamatória crônica do olho, como a blefarite. As pessoas que esfregam os olhos frequentemente sem lavar as mãos também estão em um maior risco. Já que as crianças tendem a ter o contato mais direto com a bactéria e podem não lavar as mãos cuidadosamente, elas possuem um maior risco de ter um terçol na pálpebra externa do que os adultos.

Como um terçol é diagnosticado?

O seu médico pode diagnosticar um terçol na pálpebra externa simplesmente ao examinar a aparência do seu olho. Ele também pode perguntar sobre os seus sintomas. Na maior parte dos casos, não é preciso fazer mais exames. 

Como o terçol na pálpebra externa é tratado?

Em muitos casos, um terçol pode melhorar por conta própria. O seu médico pode recomendar certos remédios caseiros para acelerar o seu tempo de recuperação.

Ele poderá falar para você colocar uma compressa morna em cima do terçol. Para fazer isso, molhe um pano limpo em água morna. Retire o excesso de água e coloque o pano sobre a pálpebra afetada. Isso deve ser feito de três a quatro vezes por dia, durante 10 a 15 minutos de cada vez. A aplicação de calor estimula o terçol a liberar qualquer pus, o que ajudará a drenar o fluido e a remover a infecção da glândula sebácea.

O seu médico também pode sugerir o uso de um creme antibiótico se você tiver mais de um terçol, ou se você continuar a ter terçol na pálpebra.

Durante o tratamento, é importante evitar apertar e esfregar o terçol. Isso pode danificar o seu olho e espalhar a infecção para outras partes do olho. 

Se você normalmente usa lentes de contato, você deve usar óculos de grau até o terçol ir embora. Certifique-se de jogar fora as suas lentes de contato velhas e usar novas após a condição melhorar.

Também é recomendável evitar a reutilização de qualquer maquiagem usada antes do desenvolvimento do terçol. A maquiagem pode conter bactérias que podem causar outra infecção. 

Se o terçol não for embora com antibióticos ou outros tratamentos, talvez o seu médico precise removê-lo cirurgicamente. Isso acontece raramente. 

O meu terçol vai embora?

Em muitos casos, um terçol na pálpebra externa vai embora por conta própria dentro de alguns dias. Mesmo quando os tratamentos são precisos, o terçol pode desaparecer sem causar qualquer complicação. 

Como um terçol pode ser evitado?

Um terçol na pálpebra externa nem sempre pode ser evitado. Contudo, você pode reduzir o seu risco ao seguir as seguintes medidas preventivas:

  • Enxague as pálpebras todos os dias com água morna
  • Desinfecte as lentes de contato e troque-as regularmente
  • Remova completamente toda a maquiagem dos olhos antes de ir para a cama
  • Evite compartilhar toalhas ou panos com quem tem um terçol

 

Fonte: Health Line

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!