Três itens de valor na saúde

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Três itens de valor na saúde

A função do médico não seria ajudar ao próximo? E o juramento de Hipócrates?

Indagações assim levaram durante muitos anos à não profissionalização das instituições em saúde e de seus profissionais no que diz respeito à prática  e gestão.
Com isso, cada vez mais instituições de grande valor à sociedade estão à beira  de fechar as portas. Porém, o que se vê hoje é um crescimento exponencial do interesse dos setores público e, principalmente, privado em capacitar seus profissionais em gestão.

A área da saúde não é tão diferente das demais áreas de negócio. Temos que aprender a gerir disciplinas como custos, logística, marketing, finanças, projetos, pessoas, entre outras. O que vai definir sua particularidade é mais precisamente o conceito de valor ao cliente, que nesse caso está na maioria das vezes mais vulnerável devido à sua condição física e social. Mesmo  porque, assim como nas demais empresas de outros setores de negócios, o  foco continua sendo o cliente, em busca de satisfazer os seus desejos, de forma rápida, com serviço de qualidade, aumentando a chance de construir um relacionamento duradouro, trazendo principalmente inovação e sustentabilidade.

Cito abaixo três itens de valor na área da saúde.

1) Satisfação com o cliente

O ponto chave para um serviço de excelência em saúde é a satisfação do cliente, que vai desde o acolhimento na entrada, passando pela realização do serviço, até o ato de indicar o serviço, profissional ou empresa a outra pessoa, visto que foi atendido de acordo com suas expectativas. E suas expectativas não resumem somente a conseguir um tratamento para tal doença, mas que isso possa trazer também sentimentos como prazer e felicidade.

Na área da saúde, valores intangíveis se sobrepõem ao tangíveis. Ao final desta experiência, os consumidores esperam da empresa: qualidade, preço,  prazo, bom atendimento, presteza, rapidez, interesse, simpatia, tratamento personalizado e flexibilidade de serviços.

2) Visão dos clientes sobre a empresa

Além da era do conhecimento, estamos também na era da experiência. Dependendo da experiência que o cliente teve que ele irá fidelizar à empresa e  com isso ser também um propagador da sua marca. O antigo boca-a-boca está agora acessível a milhares de pessoas em milésimos de segundo, basta acessar as mídias sociais e sites de buscas.

Dados atuais mostram que mais de 70% dos clientes procuram fóruns de discussão em sites de busca e opiniões de usuários nas redes sociais antes de escolher ma empresa. Quando bem sucedido, a propagação de credibilidade e reputação. São elas que contribuirão para ser sustentável, para permanência de seus clientes, lucrativa para crescimento/expansão e atrativa para aquisição de novos clientes, onde a satisfação de cliente é que vai determinar o sucesso do serviço e sua permanência no mercado com consistência.

3) Visão do cliente sobre os profissionais que prestam serviço

Os consumidores estão cada vez mais seletivos e exigentes. A informação está disponível em questão de segundos, na tela de um computador. No mercado competitivo atual, constituem como estratégias chaves: informação atualizada, especializada e de inovação, onde essa informação agrega valor ao produto final, podendo ser o diferencial na hora da escolha do produto.

Portanto, profissionais atualizados e um serviço continuamente capacitado tecnologicamente formam uma parceria bem vista pelos clientes.

Bruno Alencar Fonseca Diretor institucional da Inmedic Brasil, empresa especializada em levar conhecimento de gestão para médicos e demais profissionais da área da saúde.

www.inmedicbrasil.combr
Insta @inmedicbrasil

Ainda não é nosso parceiro? Faça seu cadastro aqui! 🙂