Tumores mamários

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Tumores mamários

“Eu sou uma mulher entre centenas de milhares de mulheres que estão aprendendo a ser corajosas, a superar e a viver diante do câncer.”

Jan foi diagnosticada com câncer de mama estágio 4 em junho de 2009 após ter feito uma tomografia óssea de rotina devido a uma lesão não relacionada com o câncer. Uma esposa e mãe, Jan descreveu seu diagnóstico inicial com choque completo. “Eu lembro apenas da sensação de ter o ar sugado dos meus pulmões, um soco, ou algo que faz você perder o ritmo,” diz Jan sobre seu diagnóstico. “E então conforme você começa a respirar de novo, há esses milhões de perguntas que ficam circulando na sua mente.”

O Câncer metastático “viaja” para outras partes do corpo.

Um tumor é uma massa anormal de tecido. Há dois tipos de tumores de câncer de mama: aqueles que são não cancerígenos, ou benignos, e aqueles que são cancerígenos e são malignos.

 

Tumores benignos

Quando um tumor é diagnosticado como benigno, os médicos provavelmente o deixarão “em paz” ao invés de removê-lo.  Apesar desses tumores geralmente não serem agressivos em relação ao tecido circundante, ocasionalmente podem continuar a crescer, pressionando órgãos e causando dor ou outros problemas. Nestas situações, o tumor é removido, permitindo que a dor ou complicações diminuam.

 

Tumores malignos

Tumores malignos são cancerígenos e agressivos porque eles invadem e prejudicam o tecido circundante. Se um médico suspeitar de um tumor, irá fazer uma biópsia para determinar a gravidade ou agressividade do tumor.

 

Câncer metastático

O câncer metastático é quando células cancerígenas de um tumor maligno espalham-se para outras partes do corpo, geralmente através do sistema linfático, e formam um tumor secundário.

 

Graus de tumor

Os graus de tumor são um sistema usado para classificar um tumor maligno de câncer de mama baseado na gravidade da mutação e propensão de espalhamento.  As células cancerígenas mamárias são examinadas em um microscópio para determinar, entre outros fatores, até que ponto as células do câncer de mama se assemelham às células saudáveis (chamado grau histológico) e à forma e tamanho dos núcleos das células tumorais (chamado grau nuclear), bem como a rapidez com que essas células se dividem e se multiplicam.

 

Escalas

Quando estiver lidando com câncer de mama, os tumores são frequentemente classificados com base em uma escala de 1 a 3 indicando quão agressivas as células cancerígenas são:

  • Grau baixo (1)- Bem diferenciadas
  • Grau intermediário (2)- Moderadamente diferenciadas
  • Grau alto (3)- Mal diferenciadas

Tumores de grau baixo parecem mais com tecido normal no microscópio. Tumores de grau alto parecem anormais e menos com tecido normal, além de tenderem a ser mais agressivos.

Os graus de tumor mamário não devem ser confundidos com os níveis do câncer de mama. Os graus de tumor ajudam a determinar o melhor plano de tratamento. De forma geral, um grau menor de tumor significa uma melhor chance de recuperação total. Entretanto, há indivíduos que se recuperam totalmente em qualquer estágio e até mesmo com os maiores graus de tumores agressivos.

Fonte: National Breast Cancer