Você Esquece as Coisas? Veja 7 Maneiras de Melhorar a Sua Memória.

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Você Esquece as Coisas? Veja 7 Maneiras de Melhorar a Sua Memória.

 

Como proteger a sua mente agora

Acontece com todos nós: você dá uma passadinha na loja e esquece a única coisa que foi fazer. Dá um branco na hora de lembrar o nome do colega de trabalho do seu marido- é João? José? E onde estão as malditas chaves?!? É normal esquecer das coisas de vez em quando, ainda mais se tem muita coisa acontecendo na sua vida.

Mas mesmo se ainda faltar muitos anos para você começar a se preocupar com momentos sêniores, uma pesquisa mostra que a perda de memória pode realmente começar já nos seus 20 anos e continua enquanto envelhece. Felizmente, seguir alguns passos fáceis durante o seu dia pode te ajudar a permanecer afiado e pode até mesmo ajudar a lembrar onde você colocou aquelas malditas chaves 🙂

Buscar Médicos – Consultas e Exames Com Preços Acessíveis

 

Passo 1: Coma torrada no café da manhã

Pular os carboidratos pode ferir a sua memória. Um estudo descobriu que as pessoas que eliminaram os carboidratos de suas dietas tiveram performances piores em tarefas baseadas na memória do que aqueles que os incluíram. Por quê? As suas células cerebrais precisam de carboidratos, que são convertidos em glicose no seu corpo, para permanecerem na melhor forma, diz o co-autor do estudo Robin Kanarek, PhD, professor de psicologia da Tufts.

Escolha grãos integrais e outros carboidratos complexos – eles são digeridos de forma mais devagar, então fornecem um fluxo mais constante de glicose. Pegue um bolinho de trigo integral ou uma fatia de torrada com um ovo mexido e uma xícara de frutinhas para um café da manhã que irá impulsionar a sua massa cinzenta.

 

Passo 2: Faça Exercícios

O exercício aumenta o fluxo de sangue para a sua cabeça, trazendo oxigênio e glicose muito necessários para se ter energia.

Na realidade, você pode aprender palavras de vocabulário 20% mais rápido se você tentar memorizá-las depois de fazer uma atividade física intensa ao invés de uma atividade de baixo impacto. Aumente as apostas ainda mais fazendo uma aula de dança ou ginástica – qualquer coisa que exija que você se lembre de uma rotina.

 

Passo 3: Mude a fonte que você utiliza

Arial é a sua fonte preferida? Tente usar uma diferente, um pouco mais difícil de decifrar, foi demonstrado que melhora a sua retenção em longo prazo, de acordo com pesquisas publicadas na revista Cognition.

Focar em uma nova fonte pode fazer o centro de processamento do seu cérebro trabalhar um pouco mais, aumentando a sua memória. Mude para Comic Sans em itálico (a fonte usada no estudo) para um reparo rápido que você pode não notar, mas o seu cérebro irá.

Buscar Médicos – Consultas e Exames Com Preços Acessíveis

 

Passo 4: Faça uma pesquisa na internet durante o almoço

Gastar uma hora por dia procurando na internet algo pelo qual você se interessa (como pesquisar lugares para as suas próximas férias) pode estimular a parte do seu lóbulo frontal que controla a memória de curto prazo.

“Os circuitos neurais envolvidos na tomada de decisão, visão espacial e habilidades verbais tornam-se muito ativos quando você faz uma pesquisa na internet,”. Não apenas navegue sem pensar, no entanto: se é muito fácil, não será eficaz. (Facebook não vai fazer a mágica!)

 

Passo 5: Observe a sua vaga no estacionamento

Sempre esquece onde estacionou o seu carro? Quando você dá uma passadinha no mercado para pegar o seu jantar, tente esse exercício: saia do seu carro, note onde você estacionou, em seguida, mova seus olhos de lado a lado a cada segundo 1/2  segundos durante 30 segundos enquanto estiver parado no lugar.

Praticar esse simples movimento ocular pode aumentar a sua memória de longo prazo em até 10%. “Esse pequeno impulso extra pode ser exatamente o que é necessário para ajudá-lo a se lembrar de uma informação importante”.

 

Passo 6: Beba um pouco durante o jantar

Enquanto beber demais pode levar a perda de memória, um novo estudo descobriu que beber moderadamente pode, na realidade,  diminuir o risco de problemas de memória. Em uma análise publicada na Jornal of Alzheimer’s Disease, as participantes que beberam sete ou menos bebidas alcoólicas por semana tiveram o menor risco de comprometimento cognitivo, em comparação com as mulheres que não beberam e as que beberam ainda mais.

Os pesquisadores acreditam que as propriedades anti-inflamatórias do álcool podem ser a razão. Ou também pode ser que as pessoas que bebem moderadamente também tendem a levar um estilo de vida mais saudável. Um brinde a isso!

 

Passo 7: Passe fio dental antes de dormir

É bom para o seu sorriso- mas também pode fazer maravilhas para a sua mente. Quando você não passa o fio dental, a sua gengiva fica inflamada, tornando mais fácil a entrada de bactérias ruins na sua corrente sanguínea.

Uma vez na sua corrente sanguínea, a bactéria pode causar uma inflamação por todo o seu corpo, incluindo o cérebro, o que pode levar a uma disfunção cognitiva. Então, use fio dental diariamente (duas vezes é ideal) para manter a ausência de mentalidade longe.

Fonte: Health

 

Se precisar de Consultas ou Exames, Conte com a Gente!