Você já passou por um falso positivo teste de gravidez?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Você já passou por um falso positivo teste de gravidez?

Se uma mulher está tentando engravidar ou suspeita que possa estar grávida, testes de gravidez caseiros podem ser comprados em farmácias e em muitas lojas que vendem itens de higiene pessoal.

Apesar de muitos testes de gravidez caseiros alegarem 99% de precisão, eles não são perfeitos. Um resultado falso positivo é um em que o teste indica que a mulher está grávida quando ela não está.

Conteúdos deste artigo

  1. Como testes de gravidez caseiros funcionam?
  2. Linhas de evaporação
  3. Aborto espontâneo ou aborto anterior
  4. Gravidez molar
  5. Medicações
  6. Condições médicas
  7. Quão precisos são os testes de gravidez caseiros?
  8. O que fazer se um teste de gravidez for positivo

 

  • Como testes de gravidez caseiros funcionam?

 

Testes de gravidez caseiros de urina funcionam detectando a presença de gonadotropina coriônica humana ou hCG na urina. Esse é o hormônio da gravidez e é encontrado tanto na urina quanto no sangue.

Testes de gravidez caseiros variam dependendo da marca e cada um deles terá instruções detalhadas a serem seguidas para obter a precisão.

Alguns kits requerem que a usuária coloque o palito do teste no seu fluxo de urina. Outros podem usar um copo de coletar urina seja para mergulhar o palito do teste ou para obter a urina com um conta-gotas para colocá-la no palito do teste.

O jeito que o teste revela um resultado positivo ou negativo também depende da marca e pode incluir:

  • Um sinal de mais ou menos
  • A palavra ou as palavras “grávida” ou “não grávida”
  • Uma ou duas linhas indicadoras

Muito importante, quando fizer um teste de gravidez, uma mulher precisa estar ciente de que até um sinal ou linha tênue indica um resultado positivo.

Entretanto, nem todos os testes de gravidez positivos significam que uma mulher esteja grávida. Há algumas ocasiões em que um teste de gravidez pode dar uma leitura falsa positiva.

As pessoas devem falar com seus médicos para avaliações adicionais se elas receberem um teste de gravidez positivo.

Além disso, é importante para uma mulher conversar com um médico profissional se ela acredita que possa estar grávida, apesar de ter recebido um resultado negativo do teste de gravidez.  Isso porque testes adicionais podem ser necessários para confirmar a sua condição corretamente.

Listados abaixo estão cinco situações possíveis que poderiam fazer com que a mulher tenha um resultado falso positivo de um teste de gravidez caseiro.

 

  • Linhas de evaporação

 

Quando fizer um teste de gravidez caseiro de urina, é importante seguir completamente as instruções do teste. Cada marca tem instruções específicas, então é vital lê-las atentamente.

A maioria dos testes vai pedir que a usuária veja o resultado dentro de 4-5 minutos após fazê-lo e não mais de 10-30 minutos depois.

A maior parte dos testes de gravidez de urina não digitais mostrarão uma linha se a mulher não estiver grávida e duas linhas se ela estiver grávida, ou um sinal de adição ou subtração.

Se o resultado do teste for lido após o tempo recomendado ter decorrido, ele pode levar ao que parece com um resultado positivo do teste.  Entretanto, na maior parte dos casos, isso não é um resultado positivo do teste, mas uma linha de evaporação deixada pela urina após o tempo recomendado para analisar o teste.

 

  • Aborto espontâneo ou aborto anterior

 

Fazer um teste de gravidez caseiro de urina, após um aborto ou aborto espontâneo, pode ser outra razão para um resultado falso positivo.

Uma vez que um óvulo fertilizado é implantado na parede uterina, o corpo começa a secretar o hormônio da gravidez hCG. Após um aborto ou aborto espontâneo, os níveis de hCG começam a cair, mas apenas lentamente.

Geralmente, hCG declina durante um período que varia de 9 a 35 dias. O prazo médio é de 19 dias. Fazer um teste de gravidez dentro desse período pode resultar em um teste falso positivo.

Algumas vezes, uma mulher pode ter experimentado um aborto espontâneo incompleto. Essa condição significa que talvez haja tecido da gravidez no útero que continua produzindo hCG. Se isso ocorrer, uma cirurgia com uma dilatação e curetagem pode ser necessária para remover qualquer produto conservado da gravidez.

 

  • Gravidez molar

 

Gravidez molar ou mola hidatiforme é uma condição que causa o crescimento de um tumor uterino.

Uma gravidez molar é causada por anormalidades genéticas na concepção e resulta em uma gravidez anormal.

Em uma gravidez molar completa, os cromossomos da mãe não estão presentes, apenas os do pai. Isso leva a nenhum embrião ou tecido placentário.

Inversamente, uma gravidez molar parcial tem um embrião e uma placenta. Entretanto, o embrião tem dois conjuntos de cromossomos do pai e apenas um da mãe. Isso dá ao embrião 69 cromossomos ao invés dos normais 46.

Ao invés de uma placenta e embrião normais, o tecido placentário em uma gravidez molar se desenvolve de um jeito que lembra a um cacho de uvas.  Isso resulta de uma massa de pequenos sacos cheios de líquido formados, que devem ser removidos com uma dilatação e curetagem.

Os níveis de hCG de uma mulher são monitorados atentamente, após a cirurgia, para ter certeza  que eles retornem ao normal.

Em algumas ocasiões, pode ocorrer uma condição chamada doença de trofoblasto gestacional. Essa é causada pelo contínuo crescimento dos produtos dentro do útero de uma concepção molar. Pode ser uma condição médica séria requerendo cirurgia para remover o útero ou quimioterapia.

Mulheres que tenham gravidezes molares ainda podem sofrer a perda da gravidez, de forma semelhante às mulheres que têm abortos espontâneos.

 

  • Medicações

 

Certas medicações podem levar as mulheres a terem testes de gravidez falsos positivos.

Essas medicações incluem aquelas com o hCG como um ingrediente ativo, que frequentemente é utilizado para tratar infertilidade. Uma pessoa que esteja tomando medicação para tratar infertilidade pode desejar ser testada para gravidez pelo médico.

A maior parte das medicações e drogas, incluindo álcool, não afeta os resultados de testes de gravidez caseiros.

 

  • Condições médicas

 

Certas condições médicas podem fazer com que o hCG de uma mulher aumente, mesmo quando ela não está grávida. Elas incluem:

  • Desordens afetando a glândula pituitária e os níveis hormonais, especialmente mulheres na perimenopausa ou menopausa.
  • Doença de trofoblasto gestacional, que pode causar tumor nas células que normalmente fariam a placenta.
  • Câncer de ovário, bexiga, rim, fígado, pulmão, cólon, mama e estômago.
  • hCG fantasma, onde os anticorpos interferem no kit de teste
  • Cistos de ovário
  • Insuficiência renal ou Infecções no Trato Urinário

hCG fantasma ocorre quando certos anticorpos unem-se a moléculas do kit do teste de gravidez que são usadas para detectar hCG. A interação faz com que o kit do teste sinalize que os níveis de hCG estejam maiores do que realmente estão.

 

  • Quão precisos são os testes de gravidez caseiros?

 

De acordo com o United States’s Office on Women’s Health, testes de gravidez caseiros podem ser 99% precisos quando usados corretamente.

A quantidade de hCG presente na urina de uma mulher aumenta com o tempo e um resultado preciso é geralmente obtido se o teste for feito após o período perdido (menstruação atrasada).

Entretanto, em cerca de 10% das mulheres, os níveis de hCG só começam a aumentar no primeiro dia após o período perdido. Para essas mulheres, é improvável que um teste seja exato se realizado no momento.

Não usar o teste de maneira apropriada ou checar o resultado após o tempo recomendado pode levar a resultados falsos positivos.

 

  • O que fazer se um teste de gravidez for positivo

 

Se alguém tiver um teste de gravidez positivo, é importante notificar ao seu médico, tendo em vista que será preciso avaliações posteriores e testes para confirmar e monitorar a gravidez.

Se alguma mulher acreditar que possa estar grávida, mas seus testes de gravidez caseiros tenham dado negativo, ela deve falar com o seu médico para mais orientações.

Fonte: Medical News Today

Se precisar de consultas com ginecologista, conte com a gente!