Como evitar os vômitos durante a gravidez?

Doutor Já Avatar

Doutor Já

Redação
Como evitar os vômitos durante a gravidez?

As possíveis causas de vômitos durante a gravidez

A gravidez é algo muito bonito. Você criou uma vida, e em alguns meses, você terá o seu preciosa pacotinho de felicidade nos braços.

Mas, algumas vezes, não é tão bonito. Enquanto muitas futuras mamães andam com um brilho da gravidez e um sorriso enorme no rosto, a sua experiência pode ser menos bela- especialmente se ao invés do brilho e do sorriso, você estiver desenvolvendo uma relação íntima com a sua privada já que você não consegue parar de vomitar. 

Espera-se que esse tempo seja o mais feliz da sua vida, certo? E bem lá no fundo, pode ser. Mas ao mesmo tempo, a náusea e os vômitos durante a gravidez podem fazer a futura mamãe mais empolgada lutar para encontrar essa felicidade.

Entender a causa dos vômitos durante a gravidez pode manter esse problema sob controle, então, leia mais para aprender sobre as causas comuns de vômito durante a gravidez. 

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!

Enjoo matinal 

O enjoo matinal é uma causa comum de vômitos durante a gravidez. Porém, mesmo sendo chamado de enjoo matinal, a náusea e o vômito podem ocorrer em qualquer hora do dia ou da noite. 

A causa exata do enjoo matinal não é sabida, mas provavelmente ocorre devido a mudanças hormonais que provocam estragos no seu corpo. Estima-se que o enjoo matinal ocorra em até 80% de todas as gravidezes, com a náusea e o vômito começando perto da sexta semana. 

A boa notícia é que os sintomas geralmente melhoram durante o segundo trimestre, apesar de algumas mulheres terem enjoo matinal durante toda a gravidez.

Os sintomas do enjoo matinal incluem náusea e vômitos. Curiosamente, algumas mulheres nem suspeitam da gravidez até a primeira onda de enjoos matinais começar. Depois de alguns dias acordando com dor de estômago, elas fazem um teste para confirmar ou descartar a gravidez.

Hiperêmese gravídica

Mas infelizmente, o enjoo matinal não é a única coisa a se preocupar durante a gravidez, nem é a única causa de vômitos durante a gravidez.

Algumas mulheres lidam com um enjoo matinal extremo, conhecido como hiperêmese gravídica, durante a sua gravidez. Provavelmente é causada pelo aumento dos níveis hormonais.

Se você tem enjoo matinal, talvez você vomite apenas uma vez ao dia e consiga administrar a náusea e os vômitos. Se você desenvolver hiperêmese gravídica, você pode vomitar mais de três ou quatro vezes por dia e sentir náusea quase constante. 

O vômito devido a hiperêmese gravídica pode ficar tão ruim que algumas mulheres grávidas perdem peso e ficam com risco de desidratação devido à incapacidade de manter sólidos e líquidos no corpo.

E se vomitar durante o dia todo não for ruim o suficiente, essa condição pode causar tontura e vertigem.

Os sintomas da hiperêmese gravídica tendem a atingir o pico nas 9ª a 13ª semanas e depois melhorar. Sendo assim, os sintomas podem melhorar à medida que você avança na gravidez.  

Intoxicação alimentar 

Essa é uma das causas de vômito durante a gravidez que algumas mulheres não esperam.

Enquanto é fácil atribuir qualquer tipo de náusea e vômito ao enjoo matinal, na verdade, o problema pode ser alimentos contaminados ingeridos durante a gravidez. 

Qualquer pessoa está em risco de uma intoxicação alimentar, mas as mulheres grávidas estão especialmente em risco porque a gravidez enfraquece o sistema imunológico. E como resultado, fica mais difícil para o seu corpo lutar contra bactérias e germes.

Os sintomas incluem aqueles similares aos do enjoo matinal, como a náusea e o vômito. Mas diferentemente do enjoo matinal, a intoxicação alimentar pode causar outros sintomas, como dores de cabeça, dores corporais e até mesmo febre. Esses sintomas desenvolvem-se rapidamente após comer alimentos contaminados- talvez dentro de 24 a 48 horas.

A melhor maneira de se proteger é cozinhar completamente as carnes. Além disso, refrigere os alimentos logo após o cozimento, lave todas as frutas e legumes e evite suco, ovos ou leite não pasteurizados.

Vômitos durante a gravidez: 

Fatores de risco

Enquanto provavelmente temos que culpar os hormônios pelo enjoo matinal e hiperêmese gravídica, certos fatores aumentam o seu risco de lidar com um ou ambos os problemas durante a gravidez. Por exemplo,

  • Você está esperando múltiplos (gêmeos, trigêmeos ou mais)
  • Você tem um histórico pessoal ou familiar de vomitar durante a gravidez
  • Você é sensível a certos cheiros ou gostos
  • Você tem um histórico de enxaquecas 
  • Você tem um histórico de enjoo de movimento 

O maior risco de intoxicação alimentar é comer alimentos crus e mal cozidos ou frutas e legumes que não foram lavados.

Causas

Mantenha em mente que enquanto essas causas comuns de vômito durante a gravidez, outros problemas podem surgir durante a gravidez que também causam vômitos. Esses incluem:

  • Pré-eclâmpsia
  • Cálculos biliares
  • Úlceras
  • Apendicite
  • Enxaqueca

Complicações ou efeitos colaterais dos vômitos durante a gravidez

O enjoo matinal comum durante a gravidez é desconfortável, mas você provavelmente não terá maiores complicações.

Mas se você desenvolver hiperêmese gravídica, os vômitos constantes podem levar à desidratação ou uma diminuição no volume de urina. E se você não conseguir reabastecer seu nível de líquido, talvez você tenha que se hospitalizar e receber fluidos intravenosos (IV). 

Essa condição também pode causar danos no fígado, uma deficiência de vitamina B e um baixo peso no crescimento do seu filho em desenvolvimento, por isso é importante discutir as suas opções com um médico.

Também não se deve brincar com intoxicação alimentar. Essas doenças, que podem incluir salmonelose e listeriose, podem provocar um parto prematuro e até mesmo um aborto espontâneo. 

É importante notar que tipos diferentes de vômito podem causar problemas diferentes. Então, enquanto o enjoo matinal pode não causar desidratação, a hiperêmese gravídica ou uma intoxicação alimentar podem, dependendo da gravidade dos vômitos.

Tratamento para vômitos durante a gravidez 

O tratamento para vômitos durante a gravidez dependem da causa subjacente, assim como da gravidade.

No caso de enjoo matinal, comer lanches saudáveis durante o dia, como biscoitos ou torradas secas, pode diminuir náuseas e vômitos. Para algumas mulheres, o enjoo matinal é pior com o estômago vazio. 

Às vezes, terapias alternativas, como aromaterapia, acupuntura e acupressão também podem proporcionar alívio.

Outras maneiras de aliviar os sintomas são:

  • Beber água 
  • Evitar gatilhos, como certos alimentos e cheiros
  • Tomar vitaminas pré-natais
  • Uso de medicamentos contra a náusea e vômito (se recomendado por um médico)

Converse com o seu médico antes de tomar qualquer medicação de venda livre.

Os mesmos tratamentos podem reduzir a intensidade da hiperêmese gravídica. Mas já que os vômitos são mais graves nessa condição, talvez você precise receber nutrientes e fluidos através de um IV no hospital.

O seu médico também pode prescrever remédios para parar a náusea e vômitos. Se essas medicações não funcionarem, você poderá precisar de um tratamento com esteroides. 

Muitas intoxicações alimentares precisam seguir seu curso, mas você deve se sentir melhor em alguns dias. O objetivo principal é substituir o fluido perdido e evitar a desidratação. Comer pequenas refeições, beber água ou bebidas esportivas podem ajudar você a se sentir melhor e evitar a desidratação.

Mas ainda assim você deve conversar com o seu médico. Se você tem uma intoxicação alimentar causada por uma bactéria, você pode precisar de um antibiótico.

Quando ligar para o médico?

Você não precisa de um médico por causa de um enjoo matinal que não é grave. Remédios caseiros podem ser o suficiente para lidar com os sintomas.

Contudo, você deve ligar para o médico se você estiver vomitando muitas vezes por dia, e se você estiver com outros sintomas, como tonturas, batimentos cardíacos acelerados ou se você não consegue manter líquidos no corpo.

Enquanto os vômitos durante a gravidez pode ser insuportável, também é comum e geralmente não é nada com que você deva se preocupar. Acontece em muitas gravidez e não significa que tem um problema com você ou com o seu bebê. Mas se você tiver alguma dúvida ou precisar ser tranquilizada, não hesite em ligar para o seu médico.

Fonte: Health Line

Está com alguma dúvida? Pergunte aos nossos especialistas e veja algumas respostas que já temos!